Blog do Mailson Ramos

Dilma não se vitimou. Luta!

Dilma não se vitimou. Luta!

Dilma não se vitimou. Luta! – Foto: Roberto Stuckert Filho/PR

A presidenta Dilma Rousseff tinha tudo para se enclausurar no Palácio da Alvorada e rechaçar o contato com as suas bases. Poderia ter renunciado, poderia ter entregado o jogo. Mas luta!

Uma mulher que enfrentou a ditadura e venceu, lutou contra uma doença terrível e também venceu, não vai se deixar abater por uma injustiça, ainda que seja a mais desprezível das injustiças.

Esta Dilma Rousseff que se revelou novamente após o processo de impeachment é aquela que luta com a sua base, forte, decidida a combater os inimigos de frente, sem republicanismo. O republicanismo talvez tenha sido o maior erro estratégico de Dilma e daqueles que a acercaram como conselheiros.

Mas isso não descaracteriza a personalidade aguerrida de Dilma. Enquanto os seus detratores pensavam que ela iria renunciar, a presidenta mostrou que não vai ceder um centímetro.

Os golpistas agora enclausuraram a presidenta no Palácio da Alvorada, como afirmou o senador Jorge Vianna. Isso faz parte do plano de desmotivação da mandatária legítima deste país. Mas Dilma segue lutando contra este governo golpista que se instalou para destruir em pouco tempo os avanços conquistados.

Eles utilizaram a narrativa da corrupção para derrubar um governo legítimo e dar cargos e vez aos corruptos. Uma inversão de valores que é de difícil interpretação para a maioria da população.

Dilma está mais forte do que nunca e vai levar esta luta até o fim. Em entrevista ao jornalista Glenn Greenwald, a presidenta afirmou que a injustiça é algo terrível, que afeta aos familiares, e coloca a pessoa numa espécie de armadilha de onde parece ser impossível sair.

Enquanto o projeto golpista avança – em 7 dias promove 28 medidas impopulares – Dilma segue lutando com as armas que tem. E a cada dia cresce a certeza de que o golpe foi um mergulho na escuridão.

Cada dia se fortalece o fato de que nenhum golpista está à altura de Dilma Rousseff, aquela que luta.

2 Comentários

Deixe um Comentário!