Notícias

Dilma continua sitiada no Palácio da Alvorada

Dilma continua sitiada no Palácio da Alvorada

Dilma continua sitiada no Palácio da Alvorada – Foto: Lula Marques/Agência PT

A presidenta Dilma Rousseff pediu para que as barreiras fossem retiradas para permitir o acesso de pessoas próximas a ela. Mas teve o pedido negado. Continua sitiada.

Natuza Nery, no Painel:

Dilma pede, desde a semana passada, que o Gabinete de Segurança Institucional retire a barreira que controla a entrada de pessoas no Alvorada. Auxiliares reclamam que as visitas são monitoradas.

A barreira foi instalada antes do Palácio do Jaburu, residência oficial de Temer. Como o acesso principal aos dois palácios se dá pela mesma via, a equipe da presidente afastada pediu a liberação de um caminho auxiliar. Não foi atendida.

Na semana passada, notícia do Blog do Rovai, reproduzida por Nossa Política, expressava a reivindicação do senador Jorge Vianna (PT-AC) sobre a condição de isolamento da presidenta Dilma no Palácio da Alvorada.

Em discurso realizado na tribuna do Senado há pouco o senador Jorge Vianna (PT-AC) afirmou que há um controle absoluto do Palácio da Alvorada, que está sendo controlado por militares fortemente armados para que qualquer pessoa visite a presidenta Dilma.

Disse que ele mesmo foi constrangido a apresentar documentos e esperar por um tempo na barreira para que pudesse visitá-la. E perguntou que país e esse? Que governo provisório é esse? É essa a plena democracia?

Vianna fez um apelo aos ministros militares e ao presidente interino Michel Temer para que não haja esse controle absoluto em relação a quem queira contatar a presidenta Dilma.

Considerado moderado no PT, Vianna disse que Dilma está sitiada. A denúncia é de altíssima gravidade e deveria ser investigada por órgãos de imprensa internacional.

2 Comentários

Deixe um Comentário!