Notícias

Testemunhas declinam de convites para defender Cunha

Testemunhas recusam convites para defender Cunha

Testemunhas recusam convites para defender Cunha – Foto: Antonio Augusto/ Câmara dos Deputados

Mesmo manobrando, Eduardo Cunha enfrenta dificuldades para encontrar testemunhas capazes de defendê-lo em processo no Conselho de Ética.

Quem sabe se o Temer não aceita o convite.

Saiu no Estadão:


Testemunhas de Cunha ainda não confirmaram depoimentos no Conselho de Ética; professor recusou-se

O Conselho de Ética ainda não conseguiu agendar nenhum depoimento das testemunhas de defesa arroladas pelo presidente da Câmara, Eduardo Cunha (PMDB-RJ), no processo por quebra de decoro parlamentar. Entre quatro testemunhas recomendadas pelo deputado, uma declinou e as outras três sequer responderam ao convite.

O professor recusou participar da oitiva e os demais não retornaram aos e-mails e cartas enviadas por Sedex nos dias 12 e 13 de abril. O conselho ofereceu o período de 25 a 29 de abril e 2 a 6 de maio para ouvir as testemunhas da defesa. Caso alguém se proponha a depor, novas datas poderão ser reagendadas.

A última testemunha ouvida foi de acusação, o lobista Fernando Soares, conhecido como Fernando Baiano, que prestou depoimento nesta semana. Até então, só o lobista Leonardo Meirelles havia sido ouvido. Preso no Paraná, o ex-dirigente da BR Distribuidora, João Augusto Henriques, que poderia falar sobre os depósitos fora do País, desistiu de depor.

A ideia da cúpula do colegiado é ouvir Cunha até o fim da fase de instrução, mas o peemedebista ainda não informou se pretende ir ao conselho. Após o término da instrução, o relator Marcos Rogério (DEM-RO) terá 10 dias para entregar seu relatório final. Rogério acredita que poderá colocar o parecer em votação no final de maio.


2 Comentários

Deixe um Comentário!