Notícias

Silvio Costa: A defesa

Silvio Costa: 48 minutos de verdades absolutas

Silvio Costa: A defesa – Foto: Reprodução

O deputado Silvio Costa (PTdoB-PE) falou ao longo de 48 minutos na tribuna da Câmara. Verdades inconfessáveis que poucos deputados têm coragem de revelar.

 

 

Saiu no G1:


Ao falar pelo PT do B, Silvio Costa chama Cunha de ‘cachorro morto’

No tempo destinado ao PT do B na sessão que analisa a abertura do processo de impeachment da presidente Dilma Rousseff, o vice-líder do governo na Câmara, deputado Silvio Costa (PE), fez críticas ao presidente da Câmara, Eduardo Cunha (PMDB-RJ), e ao vice-presidente Michel Temer.

“Depois que descobriram contas dele [Eduardo Cunha] na Suíça, eu parei de bater no deputado Eduardo Cunha. Parei porque ninguém chuta cachorro morto, mas hoje vou ter que bater porque o cachorro continua latindo”, disse.

 O partido é o 22º a discursar na sessão. Cada legenda tem direito a uma hora, independente do tamanho da bancada. Outros três partidos ainda terão tempo para pronunciamentos neste sábado (16). O PT do B tem 3 deputados em exercício.

Silvio Costa afirmou que o processo de impeachment da presidente é resultado de “ódio” e “vingança” de Cunha e afirmou que ele já deveria estar preso. “Eduardo Cunha, que devia estar preso, […] está presidindo uma sessão pra cassar o mandato de uma mulher eleita por 54 milhões de brasileiros e que não cometeu crime”, disse.

O deputado disse, ainda, ter “nojo” do vice-presidente Michel Temer e o acusou de estar “querendo arrancar” mandato da presidente Dilma”sem que ela tenha cometido um crime.  “Outro cara que estou com nojo – essa é a palavra – […] é Michel Temer. Eu não tenho outra palavra que não nojo. Faz dois anos que ele vem conspirando contra a presidente”, disse.

(…)


Deixe um Comentário!