Notícias

Rui Costa: o voto do povo deve ser respeitado

Rui Costa: o voto do povo deve ser respeitado

Rui Costa: o voto do povo deve ser respeitado – Foto: Carol Garcia/GOVBA

O governador da Bahia, Rui Costa, disse que o voto do povo deve ser respeitado. Para ele, quem quiser ascender ao poder, que se candidate e vença as eleições.

Saiu no Blog do Planalto:


O voto do povo tem que ser respeitado, diz governador Rui Costa

Durante o seu discurso na apresentação do Navio Doca Multipropósito Bahia, nesta quarta-feira (6), o governador da Bahia, Rui Costa, citou os manifestantes que estavam no local e apoiavam a presidenta Dilma Rousseff com gritos de “não vai ter golpe”, em alusão à tentativa de impeachment que ela sofre na Câmara dos Deputados.

“O povo lá fora, debaixo da chuva, está dizendo que o seu voto tem que ser respeitado. Se alguém quer chegar ao governo de forma legítima, que se candidate e apresente suas propostas ao povo brasileiro pra que ele possa votar no momento oportuno”, disse o governador.

Sobre o Navio Doca Multipropósito Bahia, o ministro da Defesa, Aldo Rebelo, afirmou que a embarcação moderniza a defesa do país. Ele está agora em Salvador (BA) acompanhando a presidenta Dilma Rousseff na apresentação do Navio Doca Multipropósito (NDM) Bahia, adquirido por meio de um acordo firmado entre os governos brasileiro e francês. “O navio oferece à Marinha brasileira um instrumento com capacidade de operar tanto na costa brasileira como fora dela em múltiplas missões exigidas pela força naval”, disse Rebelo.

Segundo o ministro, o NDM Bahia se junta ao KC-390, visitado ontem pela presidenta Dilma, como uma das principais iniciativas para modernizar a estratégia de defesa País. “O Brasil tem 17 mil quilômetros de fronteiras para proteger, para resguardar a integridade, a inviolabilidade e a unidade do nosso território, tem um espaço aéreo continental que precisa ser vigiado dia e noite”.

“No caso da Marinha, são 4,5 milhões de quilômetros quadrados de águas jurisdicionais e nós temos a necessidade de defender essa Amazônia azul”, concluiu Rebelo.


Deixe um Comentário!