Blog do Mailson Ramos

O silêncio do STF é maquiavélico

O silêncio do STF é maquiavélico

O silêncio do STF é maquiavélico – Foto: Luis Macedo/ Câmara dos Deputados

Neste momento, o Supremo Tribunal Federal STF se mantém em silêncio diante de todas as patranhas armadas por Eduardo Cunha. A história cobrará.

Maquiavélico é um termo etimologicamente ligado a Nicolau Maquiavel (1469-1527), italiano, autor do livro O Príncipe, que conta como um príncipe reinava e mantinha o seu poder de maneira astuta, protegendo o reinado sem se preocupar com princípios éticos ou morais. Seu lema era: o fim justifica os meios.

Pois assim tem sido o silêncio do Supremo Tribunal Federal, neste momento, no Brasil: maquiavélico. É um lavar de mãos que também se assemelha a outro personagem da história, tomado por sua indiferença a uma injustiça cometida. O STF lava as mãos como o fez Pôncio Pilatos.

Nas ruas se comenta abertamente que Eduardo Cunha não tem condições de comandar o processo de impeachment; mas não é somente nas ruas que este pensamento se coaduna com a indignação: o Congresso Nacional sabe que não há legitimidade neste processo. As poucas vozes que se levantam contra esta patranha, entretanto, são suprimidas por um mar pantanoso de deboche.

A Casa do Povo se transformou em circo onde o dono está preso na jaula e o mico apresenta o espetáculo. É uma inversão total de papeis e valores, tanto quanto um achincalhe contra todos os brasileiros. Causa espécie que uma coalizão de corruptos esteja a poucos passos de derrubar uma presidente da República de caráter ilibado e que não se contaminou com os crimes aos quais seus algozes são acusados.

O STF vai assistir ao processo do seu camarote. Verá as páginas da Constituição Federal serem rasgadas e queimadas em público para desespero dos democratas e de todos aqueles que lutaram com sangue e suor pela conquista da liberdade e contra os golpes de Estado. O que se perpetra de injustiça em Brasília, ainda que com os vernizes constitucionais, representa uma aberração extemporânea, um monstro deformado criado dentro das alas do nosso judiciário.

A legalidade resiste, mas não na Suprema Corte, onde impera agora o silêncio das forças hegemônicas. E onde fica a cidadania defendida pelo STF? Restaurará daqui a dez anos a inocência que a Dilma hoje tem? Por quantos dias mais esperaremos a queda de Eduardo Cunha, um homem de crimes em esfera internacional? Por quanto tempo mais aceitaremos esta Câmara de deputados que deitam e acordam pensando em lobby?

A alternativa de poder agora não representa os brasileiros. Sobretudo porque são golpistas, traidores e engendram um plano para entregar o Brasil de volta à trágica utopia do neoliberalismo. E quem vai sofrer com isso? Onde está a defesa da cidadania, da democracia, da Constituição? Não deveria estar na salvaguarda dos supremos ministros? Ou somos uma nação à deriva que se permite golpes de Estado de tempos em tempos?

Os resultados históricos serão uma punição. O maquiavélico silêncio de agora retornará em consequências desastrosas para a sociedade. Do alto do seu camarote, o STF vai assistir à queima do livro constitucional. Já não haverá tempo para apartes e tomadas de palavras. Também a retórica do direito constitucional estará relativizada. Será tarde demais para dizer que no Brasil se engendrou um golpe de Estado paraguaio.

A sociedade seduzida pelo apelo midiático e pela insatisfação econômica vai derreando lentamente para um poço onde, mais tarde, rangerá os dentes por descontentamento. É sempre assim. Da cegueira coletiva que rechaça até a democracia, poderá nascer um comando tipificado pela criminalidade. E aqueles que tanto reclamam da corrupção verão nascer corrupto um governo antipovo.

É de novo a recriação do golpe a solapar as instituições de dentro para fora, mas desta feita numa metafórica representação de autofagia criminosa, presente especialmente no sistema judiciário. Em vez de proteger a Constituição e salvaguardar a democracia, estão nos impingindo mais um golpe de Estado tramado sob o lamacento acorde de forças hegemônicas. O povo mais uma vez terá o seu papel reduzido na sociedade e aqueles que ora se mobilizam em favor dos golpistas serão os mesmos a reclamar das liberdades cerceadas.

E nisso tudo tem culpa o STF. Será cobrado no devido momento, pelo povo ou pela história. E a Constituição Federal, depois desta manobra contra a presidenta da República, terá seu valor subestimado por estas forças que conseguiram dobrá-la e coloca-la no bolso. Chefes do executivo terão paz para governar? Oposições flertarão frequentemente com a possibilidade de impedi-los? Convulsão social e desordem administrativa? Tudo será resultado deste silêncio maquiavélico do STF.

20 Comentários

  • Esse é o termo exato: maquiavélico. Depois podemos chamá-lo de omisso também. A minha decepção com a STF é de tamanha grandeza que me deixa assustado. Que vergonha !!!!

  • estou de pleno acordo que estamos entrando numa escuridão sem fim, não é possível, é inacreditavel que seremos governados por Eduardo cunha eTemer…como pode, como chegamos a isso, será esse o fundo do poço?

  • Uma vez o ex presidente João Figurêdo falou que :”povo que não derramou sangue para ter indepencia não merece ser livre ” agora entendo porque ele falou isso

  • “Saudade da justiça imparcial, exata, precisa. Que estava ao lado da direita, da esquerda, centro ou fundos. Porque o que faz a justiça é o ser justo. Tão simples e tão banal. Tão puro. Saudade da justiça pura, imaculada. Aquela que não olha a quem nem o rabo de ninguém. A que não olha o bolso também. Que tanto faz quem dá mais, pode mais, fala mais. Saudade da justiça capaz. (…) a injustiça, por ínfima que seja a criatura vitimada, revolta-me, transmuda-me, incendeia-me, roubando-me a tranqüilidade do coração e a estima pela vida.”
    Ruy Barbosa

  • O STF está omisso, pois já deveria ter julgado o caso de Lula, e está deixando a água correr, para não ficar mal visto por ninguém, isso é muito conveniente, dos três poderes que formam o pilar da democracia, nenhum é sólido, é bem possível que desabe.

  • Certo é um golpe jurídico-midiático! O corporativismo está destruindo o pouco de credibilidade que restava.
    Não vamos RECUAR NEM UM MILÍMETRO,
    VAMOS AVANÇAR NAS LUTAS DAS CLASSES TRABALHADORAS
    TWITTAÇO #GolpistasSemMoral

  • O STF tem ido alem do que lhe era incumbência, faz tudo o que podia em ser imparcial ao extremo, facilitou a defesa do governo interferindo no rito que é prerrogativa exclusiva do Legislativo, tudo para ser imparcial e isento das decisões que o povo brasileiro clama pela ressurreição do País. O STF tem cumprido suas atribuições heroicamente!

  • “De tanto ver triunfar as nulidades; de tanto ver prosperar a desonra, de tanto ver crescer a injustiça. De tanto ver agigantarem-se os poderes nas mãos dos maus, o homem chega a desanimar-se da virtude, a rir-se da honra e a ter vergonha de ser honesto.”
    Ruy Barbosa

    • “Quando você perceber que, para produzir, precisa obter a autorização de quem não produz nada; quando comprovar que o dinheiro flui para quem negocia não com bens, mas com favores; quando perceber que muitos ficam ricos pelo suborno e por influência, mais do que pelo trabalho, e que as leis não nos protegem deles mas, pelo contrário, são eles que estão protegidos de você; quando perceber que a corrupção é recompensada e a honestidade se converte em auto-sacrifício; então poderá afirmar, sem temor de errar, que sua sociedade está condenada”.

  • A impressão que temos é que há uma grande conspiração entre o Supremo, forças da direita, como a FIESP, FEBRABAN, PSDB, PMDB, classe médica revoltada com o sucesso do MAIS MÉDICOS, classe média alta revoltada com os programas sociais, para dar um cavalo de pau nos rumos das conquistas sociais dos mais pobres. Caso aconteça essa desgraça de golpe na Câmara, espero que os senadores sejam mais responsáveis e barrem esse atentado `a democracia!

        • SE os ministros estão acovardados ou foram comprados,o que vamos fazer exatamente???Dia 06 /5 e 11/05 a decisão dos poderosos que escolheram como seus representantes, darão a sentença do processo do julgamento , que não aconteceu.Afirmo serem seus representantes porque nunca transferi o direito de decidir por mim a ninguém .Em toda a minha vida nunca elegi um vereador,um deputado e um senador.Ainda há tempo de fazermos alguma coisa e mostrar claramente a nossa posição e rejeição a este criminoso .complô,conluio,GOLPE.

    • QUE VERGONHA ESSES MINISTROS DO STF. UM LADRÃO CORRUPTO, QUE FOI DENUNCIADO PELO MPF COMANDANDO UM GOLPE CONTRA UMA PRESIDENTA ELEITA DEMOCRATICAMENTE PELO POVO!!!!!!!!!!!!!!!!!!AHISTÓRIA DE VCS MINISTROS ESTÁ CHEIRANDO MUITO MAL.

    • Sou apartidária ,mas gostaria de infelizmente lhe informar que há muito, a presidente da república já foi julgada e condenada.Esta conspiração foi muito bem elabora pelo PSDB Pois afinal temos um PHD em crimes,não em criminologia,se é que me entende…,.A derrota de Aécio nas eleições de 2014,foi a gota que faltava para se prepararem e armarem um golpe de estado e a ruptura da democracia a que estamos assistindo mas não no camarote Todo espetáculo circense assistido na câmara pelos deputados e no Senado,é um simples “FAZ DE CONTA”para que os senadores representassem serem menos gângsteres que os deputados,e com tal atitude legalizariam um julgamento sendo constada a culpabilidade da presidenta.Eu lhe pergunto :E AGORA DEPOIS DO IMPEACHMENT???Iremos continuar postando,publicando,comentando aqui nas redes sociais???Xingando os políticos e depois ir dormir???Este é o papel do PIÃO….

Deixe um Comentário!