Mídia Notícias

AGU abrirá inquérito contra a IstoÉ

AGU abrirá inquérito contra a IstoÉ

AGU abrirá inquérito contra a IstoÉ – Foto: Valter Campanato/Agência Brasil

A Advocacia Geral da União (AGU) acionará o Ministério da Justiça para abertura de inquérito para apurar crime contra a honra da presidenta Dilma cometido pela revista IstoÉ.

Sobre a misoginia e o desrespeito na capa da IstoÉ nada mais se tem a falar senão sobre a anuência de parte da população com mais este crime cometido contra a presidenta da República.

Mais uma vez é preciso repetir: De novo a velha mídia vai testando os ânimos já exaltados com tanta pressão. À beira do precipício, publicações não veem outra saída senão escandalizar.

Do Blog do Planalto:


AGU pede inquérito sobre ofensa contra Dilma praticada pela IstoÉ

A Advocacia Geral da União divulgou neste sábado (2) nota em que defende a abertura de inquérito para apurar crimes de ofensa praticados pela revista IstoÉ contra a presidenta Dilma Rousseff. Na edição desta semana, a publicação traz um texto que trata de fantasiosos casos de descontrole emocional da presidenta e a compara a Maria I, a Louca, rainha de Portugal no fim do século 18.

No comunicado, a AGU afirma que requisitará ao Ministério da Justiça a abertura da investigação e informa que advogados particulares de Dilma também estudam medidas para o ressarcimento dos danos morais causados.

Leia a íntegra da nota:

A Advocacia-Geral da União (AGU) acionará o Ministério da Justiça para que determine a abertura de inquérito para apurar crime de ofensa contra a honra da presidenta da República cometido pela revista IstoÉ em reportagens publicadas nas duas últimas edições.

A AGU também invocará a Lei de Direito de Resposta para garantir, junto ao Poder Judiciário, o mesmo espaço destinado pela revista à difusão de informações inverídicas e acusações levianas. 

Eventuais ações judiciais de reparação de danos morais também estão sob análise de advogados privados da presidenta Dilma Rousseff.


1 Comentário

  • No Brasil de hoje a palavra respeito faz parte de um passado medieval , época em que se vivia o salve-se se puder, critério estabelecido pelos que se julgavam mais forte e poderoso e com o poder de decidir sobre a vida ou morte dos seus opositores. Falando ainda do Brasil de hoje o Presidente (a) é a mais alta autoridade do País e a ele cabe constitucionalmente representá-lo ativa e passivamente em juízo ou fora dele e como chefe do único poder competente para gerar e gerir as receitas capazes de empreender e alavancar o progresso e o desenvolvimento do País. Receitas que estão servindo mais para alavancar e desenvolver as roubalheiras e o enriquecimento ilícito deste bando de quadrilheiros a quem chamamos de políticos e confiamos os nossos votos. O nosso País talvez seja o único onde o Poder Legislativo formado por verdadeiras aves de rapina , debocham , achincalham , desmoralizam , fazem gracinhas e chegam ao extremos dos xingamentos onde são usados palavrões outrora impublicáveis, ficando por este caminho desmoralizados todos os outros poderes, ( vejam o exemplo Eduardo Cunha ), neste momento completamente engessado , manietado e por que não dizer; parece saci pulando em chapa quente…..até quando ? Está na hora de se realizar manobras nos Quartéis para que a soberania interna e externa do Brasil estejam em total segurança para garantir os direitos de um povo, neste momento fragilizado pelas ações e lutas desses desalmados marginais que querem a todo custo tomar o poder para levar o povo ( cordeiros ) ao verdadeiro matadouro.

Deixe um Comentário!