Notícias

Teori: Moro cometeu “usurpação de competência”

Teori: Moro cometeu “usurpação de competência”

Teori: Moro cometeu “usurpação de competência” – Foto: STF

Segundo informações contidas na decisão publicada na noite da terça-feira (22), o ministro Teori Zavascki afirmou que Moro cometeu “usurpação de competência do Supremo Tribunal Federal”.

O ministro do STF, Teori Zavascki, afirmou em medida cautelar, que o juiz Sérgio Moro, da 13ª Vara Federal de Curitiba, cometeu usurpação de competência. Em linguagem simples, significa dizer que o Moro se apossou de prerrogativas do STF ao quebrar o sigilo de gravações de autoridades com foro privilegiado como parlamentares, ministros e da presidenta da República.

Teori explica detalhadamente o porquê da decisão:

7. a) no curso de interceptação telefônica deferida pelo juízo reclamado, tendo como investigado principal Luiz Inácio Lula da Silva, foram captadas conversas mantidas com a Presidente da República; b) o magistrado de primeira instância, “ao constatar a presença de conversas de autoridade com prerrogativa de foro, como é o caso da Presidenta da República, […] deveria encaminhar essas conversas interceptadas para o órgão jurisdicional competente, o Supremo Tribunal Federal”, nos termos do art. 102, I, b, da Constituição da República; (c) “a decisão de divulgar as conversas da Presidenta – ainda que encontradas fortuitamente na interceptação – não poderia ter sido prolatada em primeiro grau de jurisdição, por vício de incompetência absoluta” e d) “a comunicação envolvendo a Presidenta da República é uma questão de segurança nacional (Lei n. 7.170/83), e as prerrogativas de seu cargo estão protegidas pela Constituição”.

O ministro colocou novamente o sigilo nas gravações e pediu que em 10 (dez) dias o juiz Sérgio Moro preste informações sobre o que de fato ocorreu:

12. Ante o exposto, nos termos dos arts. 158 do RISTF e 989, II, do Código de Processo Civil, defiro a liminar para determinar a suspensão e a remessa a esta Corte do mencionado “Pedido de Quebra de Sigilo de Dados e/ou Telefônicos 5006205-98.2016.4.04.7000/PR” e demais procedimentos relacionados, neles incluídos o “processo 5006617-29.2016.4.04.7000 e conexos” (referidos em ato de 21.3.2016), bem assim quaisquer outros aparelhados com o conteúdo da interceptação em tela, ficando determinada também a sustação dos efeitos da decisão que autorizou a divulgação das conversações telefônicas interceptadas.

Comunique-se com urgência à autoridade reclamada, a fim de que, uma vez tendo cumprido as providências ora deferidas, preste informações no prazo de até 10 (dez) dias.

Leia abaixo a íntegra do documento em que Teori Zavascki determina o envio de documentos da investigação de Lula ao STF e pede informações no prazo de 10 (dez) dias.

MEDIDA CAUTELAR NA RECLAMAÇÃO 23.457 PARANÁ Por Nossa Política

9 Comentários

  • Você se engana. O povo quer sim a lava jato, não quer nada nas sombras fez ele muito bem
    Quem não deve não teme duvido que este supremo de merda comprado sem competência e sem mérito pra estar no supremo coloque estes bandidos na cadeia.
    A cada dia a gente vê eles soltando os ladrões do dinheiro público isto sim.
    Justiça e cadeia nestes políticos que roubam a nação. O PT se mostrou so mais um. Seu governo vive acusando a as intituicoes condenando os seus líderes por roubo. Dilma você vai cair e o grande mentor Lula vai junto e se tiver justiça vão e pra cadeia. E melhor ainda tem de devolver tudo que roubaram perderam a chance de ficarem limpos na história.

  • ministro pelego do pt. O que é pior o vazamento das escutas, ou o teor da conversa dos criminosos? teori você não me representa. você representa apenas o lula e a dilma, infratores da lei.

Deixe um Comentário!