Nossa Política

Um pedido de prisão em que se troca Engels por Hegel

Um pedido de prisão em que se troca Engels por Hegel – Foto: Reprodução
Os procuradores Cássio Conserino, Fernando Henrique Araújo e José Carlos Blat viram motivo de piada por confundir Engels por Hegel.

Há várias inconsistências na denúncia feita pelos procuradores do Ministério Público do Estado de São Paulo contra o ex-presidente Lula. Mas um deles chamou a atenção foi a troca de Friedrich Engels (1820-1895) por Georg Wilhelm Friedrich Hegel (1770-1831).

Para quem não sabe – isso inclui o trio de procuradores –, Engels, ao lado de seu camarada Marx, realizou uma obra marcante na filosofia e na política, cuja característica principal foi a elaboração das teorias do materialismo histórico. Já Hegel foi um filósofo alemão. Um dos criadores do sistema filosófico chamado idealismo absoluto.

O documento atesta o equivoco:

As atuais condutas do denunciado Luiz Inácio Lula da Silva, que outrora chegou a emocionar o país ao tomar posse como Presidente da República em janeiro de 2003 (“o primeiro torneiro mecânico” a fazê-lo de forma honrosa e democrática), certamente deixariam Marx e Hegel envergonhados [aspas dos promotores].

Nas redes sociais, os navegantes não perdoaram o erro e publicaram milhares de memes. O site Nossa Política selecionou alguns deles. Fora o humor levantado por esta questão, a falha é gritante. Como um representante da justiça, exercendo um cargo de tamanha responsabilidade, não sabe a diferença entre Engels e Hegel? Bastava dar uma olhada no Google, mas eles se acham tão excelsos.

1 comentário