Notícias

Um pedido de prisão em que se troca Engels por Hegel

Um pedido de prisão em que se troca Engels por Hegel

Um pedido de prisão em que se troca Engels por Hegel – Foto: Reprodução

Os procuradores Cássio Conserino, Fernando Henrique Araújo e José Carlos Blat viram motivo de piada por confundir Engels por Hegel.

Há várias inconsistências na denúncia feita pelos procuradores do Ministério Público do Estado de São Paulo contra o ex-presidente Lula. Mas um deles chamou a atenção foi a troca de Friedrich Engels (1820-1895) por Georg Wilhelm Friedrich Hegel (1770-1831).

Para quem não sabe – isso inclui o trio de procuradores –, Engels, ao lado de seu camarada Marx, realizou uma obra marcante na filosofia e na política, cuja característica principal foi a elaboração das teorias do materialismo histórico. Já Hegel foi um filósofo alemão. Um dos criadores do sistema filosófico chamado idealismo absoluto.

O documento atesta o equivoco:

As atuais condutas do denunciado Luiz Inácio Lula da Silva, que outrora chegou a emocionar o país ao tomar posse como Presidente da República em janeiro de 2003 (“o primeiro torneiro mecânico” a fazê-lo de forma honrosa e democrática), certamente deixariam Marx e Hegel envergonhados [aspas dos promotores].

Nas redes sociais, os navegantes não perdoaram o erro e publicaram milhares de memes. O site Nossa Política selecionou alguns deles. Fora o humor levantado por esta questão, a falha é gritante. Como um representante da justiça, exercendo um cargo de tamanha responsabilidade, não sabe a diferença entre Engels e Hegel? Bastava dar uma olhada no Google, mas eles se acham tão excelsos.

images

CdPR7omWIAAt6vz

CdOyNknWIAA0iVi

conserino-mobral

1 Comentário

Deixe um Comentário!