Notícias

A última cartada do Moro: prender o Lula

A última cartada do Moro: prender o Lula

A última cartada do Moro: prender o Lula – Foto: Ricardo Stuckert/ Instituto Lula

Com todo o aparato midiático e todo o espetáculo das operações da Lava Jato, a PF conduziu coercitivamente o ex-presidente Lula para depor.

Saiu no DCM:

Justiça autoriza condução coercitiva de Lula e Okamoto para prestar depoimento

A Polícia Federal cumpre nesta sexta feira mandado de condução coercitiva do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva. Ele está sendo levado para prestar depoimento na PF em São Paulo, no âmbito da Operação Lava-Jato.

Nesta manhã, a PF deflagrou a 24ª fase da Operação, batizada de Aletheia.

Cerca de 200 policiais federais e de 30 auditores da Receita Federal cumprem 44 mandados judiciais – sendo 33 de busca e apreensão e 11 de condução coercitiva – nos Estados de São Paulo, Rio e Bahia.

A PF apura crimes de corrupção e lavagem de dinheiro.

Em tempo: Eduardo Guimarães, do Blog da Cidadania, já havia cantado a pedra neste post há cinco dias. Fontes deram conta de que a 24ª operação da Lava Jato estaria focada sobre o Lula e sua família; também foi revelada a prática de vazamentos.

Em tempo 2: O editor-chefe da revista Época, Diego Escosteguy também sabia da operação que seria acionada na manhã de hoje. Em seu twitter, ainda de madrugada, Escosteguy dizia que estava prestes a amanhecer um dia “dia de muita paz e amor”. O jornalista é antipetista de carteirinha.

1 Comentário

Deixe um Comentário!