Notícias

A oposição de 2016 é a mesma de 2015

A oposição de 2016 é a mesma de 2015

A oposição de 2016 é a mesma de 2015 – Foto: Antônio Cruz/Agência Brasil

Qual a diferença entre a oposição de 2016 e a oposição de 2015? Absolutamente nenhuma. O que a move é sempre esta sede de governar para si e para os mais ricos.

O site Nossa Política reproduz artigo do deputado Etelvino Bohn Gass (PT-RS):

Bohn Gass: “Nada há de novo na oposição em 2016, só a velha sede de governar para si e para os ricos”

Constato que 2016 começa velho para a oposição.

Nesta Casa, por exemplo, qual é a novidade? Que Cunha teria mais dinheiro escondido no exterior do que se imaginava?

Aliás, Cunha é cara da oposição brasileira. Vejam os demotucanos, por exemplo: eles, como Cunha, continuam fingindo que não têm responsabilidade sobre a corrupção e iniciaram o ano repetindo que o PT é culpado por tudo.

Eles sabem que há uma crise no mundo e que o Brasil não é uma ilha. E sabem, também, que a corrupção – que, finalmente está sendo investigada e punida – pode até ter gente do PT envolvida, mas não foi inventada e nem é maior agora do que, infelizmente, sempre foi no país.

Então, quando vejo a oposição aliada à Cunha e repetindo a ladainha contra o PT, fico pensando: onde eles acham que vão chegar com o discurso da liquidação de patrimônio, da privataria na Petrobras, do arrocho de salários e da redução do Estado?

Será mesmo que eles acreditam que atacar o PT e criar factoides na velha mídia amiga é suficiente para o Brasil voltar a crescer?

Será que não aprenderam nada com o fiasco do impeachment golpista que deu com os burros n’água?

E concluo que não é disso que se trata. O que eles querem não é melhor para o Brasil, mas para eles próprios e para seus amigos ricos.

É por isso que nem se envergonham quando tentam incriminar o Lula por conta de um imóvel que não é dele e por um barco de lata.

A distância do poder cegou esta gente. E eles entraram 2016 com o mesmo desespero.

Desespero, aliás, que os torna ridículos quando se vê um delator da Lava Jato dizendo que Aécio era o mais chato entre os cobradores de propina.

Não, não há nada de novo no horizonte da oposição. Apenas a velha sede pelo poder.

De minha parte, lamento muitas coisas no meu partido e sigo afirmando que todos os que cometeram ilícitos devem ser punidos.

Mas quando vejo esta oposição arcaica e cínica, penso que a única novidade verdadeira no Brasil é a disposição do governo Dilma de fazer tudo o que for possível para ajudar o país a voltar a crescer.

Neste sentido, novidade mesmo é o anúncio da injeção de 83 bilhões de reais na economia brasileira feito por Dilma na semana passada.

São recursos para o trabalhador, para o crédito rural e habitacional, para infraestrutura e capital para as pequenas empresas. Para máquinas e equipamentos e para a exportação.

Isso sim é novidade: ação concreta em plena crise. Coisa que os tucanos nunca conseguiram fazer quando governaram.

Então, humildemente, aviso a esta oposição velha: se vocês acham que vão conseguir ganhar eleições sem dizer ao povo nada que construa, que aponte um futuro, que carregue esperança, podem tirar o cavalinho da chuva.

Mesmo que consigam enganar uns tantos com as mentiras que espalham sobre o PT, haverá sempre outros tantos que tiveram a vida melhorada pelos nossos governos e que se encarregarão de espalhar a verdade.

Deixe um Comentário!