Blog do Mailson Ramos

O governo sucumbe: Serra entregou a Petrobras

O governo sucumbe: Serra entregou a Petrobras

O governo sucumbe: Serra entregou a Petrobras – Foto: Marcos Oliveira/Agência Senado

Diante de tantos acontecimentos menos importantes, o governo se esqueceu do pré-sal e o Serra, com o auxílio de um Senado vendido às multinacionais petrolíferas, entregou a Petrobras.

A presidenta Dilma não é mal assessorada. Ela sequer tem assessores; deve ter uma meia dúzia de atoleimados como o zé, ministro da Justiça. Porque se tivesse assessores de fibra, o PL 131 não seria votado hoje no Senado.

Será votado e tudo indica que a Petrobras sentará no colo da Chevron, da Shell e de quem mais se interessar em dividir com ela o que deveria ser só seu.

O brasileiro, de modo geral, não entende o que é o pré-sal, o que está em jogo. Em poucas palavras se pode dizer que o pré-sal é uma reserva de petróleo tão rara que não se compará-la com nenhum outro achado.

O Brasil comemorou a descoberta do pré-sal com a grandeza que ele merecia e deu à Petrobras a exclusividade da exploração.

O Serra, que sempre quis entregar o pré-sal a Chevron, fez aliança inquebrantável com o presidente do Senado, Renan Calheiros, para votar em regime de urgência urgentíssima o PL 131.

Contou com a colaboração daquela que se diz “a base aliada”, dos senadores vacilantes, daqueles que tremem as pernas ao ouvir falar de Delcídio. Aliás, são todos da patota do Delcídio.

Há alguns dias a Dilma disse que a Petrobras seria a única operadora do pré-sal.

E de repente, combalido, o governo se amortiza pelos constantes ataques. Os inimigos – porque não dizer também os amigos – conseguiram entregar não somente a reserva de petróleo, mas também a própria petrolífera.

É que quando o PSDB fala em soberania, é para entregar aquilo que temos.

Depois, o próprio Serra e o seu partido vão dizer na TV que o PT vendeu a Petrobras.

1 Comentário

Deixe um Comentário!