Notícias

Cardozo deixará ministério da Justiça, afirma jornal

Cardozo deixará ministério da Justiça, afirma jornal

Cardozo deixará ministério da Justiça, afirma jornal – Foto: Elza Fiúza/Agência Brasil

O ministro da justiça, José Eduardo Cardozo, deixará o cargo que ocupa no governo e será realocado, segundo colunista, na Advocacia Geral da União (AGU).

Saiu na Folha:


Cardozo deixará Justiça e pode ir para Advocacia Geral da União

De saída do Ministério da Justiça, o ministro José Eduardo Cardozo pode ser deslocado para a AGU, a Advocacia Geral da União.

Seria uma saída encontrada pela presidente Dilma Rousseff para mantê-lo no governo.

O ministro decidiu deixar o cargo, como antecipou neste domingo (28) a Folha.

Um dos cotados para substituí-lo na pasta deve ser Wellington Cesar, procurador baiano ligado ao ministro Jaques Wagner, da Casa Civil.

Cardozo, que já ameaçou pedir demissão em outras oportunidades, sairá em um dos momentos mais delicados do governo Dilma. Bombardeada por denúncias que podem envolver a sua campanha eleitoral, em especial depois da prisão do marqueteiro petista João Santana, a presidente está cada vez mais isolada e distante até mesmo do PT, partido que a elegeu e ao qual é ainda filiada.

Cardozo deixa o cargo também em uma semana conturbada, em que novas delações premiadas podem ocorrer na Operação Lava Jato e em meio a rumores de que estariam sendo preparadas buscas e apreensões em propriedades ligadas ao ex-presidente Lula e a seus familiares.

Nas últimas semanas, a pressão sobre Cardozo, vinda do PT e de partidos da base do governo, chegou a limites “intoleráveis”, segundo revelam amigos próximos do ministro.

(…)


Deixe um Comentário!