Notícias

PF e seus métodos medievais. Por onde anda o Zé?

PF e seus métodos medievais. Por onde anda o Zé?

PF e seus métodos medievais. Por onde anda o Zé? – Foto: Fabio Rodrigues Pozzebom/Agência Brasil

Os métodos medievais da PF causam estarrecimento. O direito individual está sendo sufocado por forças policiais que deixariam a ditadura no chinelinho.

Paulo Pimenta fez a denúncia PF mantém presa em condições precárias para forçar a delação premiada do marido. A jornalista Conceição Lemes, do site Viomundo, repercutiu o fato que estarrece as estruturas da democracia.

Os direitos civis da empresária Cristina Mautoni Marcondes Machado, 53 anos, foram suprimidos de maneira gravíssima, atentando contra o Estado de direito, a democracia e a Constituição.

Muito pior é a condição de seu marido, Mauro Marcondes, que às vésperas de completar 80 anos está preso em regime fechado na Penitenciária da Papuda, em Brasília.

Roberto Podval, em matéria do Estadão, disse que o delegado Marlon Oliveira Cajado “chantageou” seu cliente para que fizesse acordo de delação premiada. Conforme o defensor, a colaboração foi proposta como uma forma de Mauro Marcondes evitar a transferência de Cristina para uma unidade prisional.

Como Mauro Marcondes não aceitou a proposta, sua esposa, que estava em prisão domiciliar se recuperando de cirurgia nas pernas, retornou ao regime fechado.

Como toma medicamento que a faz urinar com frequência, Cristina precisou ir ao banheiro, o que aconteceu apenas duas horas depois. Ela fez as necessidades fisiológicas na própria roupa.

O deputado Paulo Pimenta, como presidente da Comissão de Direitos Humanos da Câmara dos Deputados foi até Curitiba para inspecionar a cela onde fica a Cristina e visita-la. Não conseguiu. Deram-lhe um chá de espera daqueles que só a polícia sabe como dar.

Pimenta, segundo a jornalista Conceição Lemes, tentou de todas as formas entrar em contato com o ministério da Justiça, mas não conseguiu êxito.

Nem na ditadura se viu coisa igual.

Por onde anda o Zé Cardozo? Aquele a quem a Dilma chama de ministro da Justiça. O que faz inveja ao Gama e Silva. De olhos fechados para não ver o céu em tormenta.

A questão não é difícil de ser respondida. O Zé está no vácuo de sua inépcia. E enquanto o trem descarrila, ele faz pose: não quer sair mal na foto.

1 Comentário

  • Isso lembra a piada que o fhc foi visitar o presidente do Paraguai e o mesmo lhe apresentou o ministro da marinha o fhc disse mas vocês não tem mar e o presidente do Paraguai disse lembra quando eu visitei o Brasil e você me apresentou o ministro da justiça.A Presidenta já demorou para destituir o zé.

Deixe um Comentário!