Blog do Mailson Ramos

A notícia sobre FHC perdeu a validade em um dia

A notícia sobre FHC perdeu a validade em um dia

A notícia sobre FHC perdeu a validade em um dia – Foto: Charge do Pataxó

Quando a notícia envolve um tucano, precisa ser substituída urgentemente por um assunto mais palatável. E a mídia diz: retiremos o FHC para servir Lula.

Não durou um dia. A delação de Cerveró sai do ponto FHC e “liga” Lula a empréstimo sob investigação. Porque a intenção não é pegar o FHC, mas prender o Lula.

Está tão claro que ninguém mais cai neste jogo de “vamos vazar sobre todos os partidos”. É que contra o PSDB tudo se explica com uma desculpa a mais esfarrapada. Como a que deu, ontem (11), o FHC, em sua página no Facebook.

Ele disse que “afirmações vagas como essa, que se referem genericamente a um período no qual eu era presidente e a um ex-presidente da Petrobras já falecido, sem especificar pessoas envolvidas, servem apenas para confundir e não trazem elementos que permitam verificação.”

É como se dissesse que tudo é fruto de ficção e fica por isso mesmo. Não precisa explicar nada à Polícia Federal, nenhum procurador aprofundará o assunto – pois sabe que vai chegar em lama – e é melhor colocar o Lula de novo na pauta.

É tão simples como dizer que isso não vem ao caso.

Aliás, nada que faça referência aos tucanos merece ser repercutido na mídia. É aquela notícia vaga, sem análise e sem bases no agendamento, como a história dos R$ 300 mil do Aécio que foi mais debatida na imprensa internacional do que pela nossa honrada mídia.

É engraçado ver como as viúvas do FHC se comportam. Para elas, o Príncipe dos Sociólogos não pode ser comparado ao Lula ou não deve ser criticado em blogs “sujos”.

Leia também: R$ 100 mi de propina ao governo FHC. E aí?

Ora, o que nutre o FHC é somente a inveja que ele tem do Lula. Porque nunca conseguiu ser amado pelo povo como o Lula é. Tirando os cães raivosos que vociferam pela internet afora, o Lula é um ícone. 3, 2, 1.

No fim de toda esta história é pela porta dos fundos que FHC vai sair. Ainda que sob os aplausos desta mídia hipócrita.

E o Lula?

O Lula é o Lula!

Deixe um Comentário!