Blog do Mailson Ramos

Haddad é agredido durante entrevista em São Paulo

Haddad é agredido entrevista em São Paulo

Haddad é agredido entrevista em São Paulo – Foto: Cesar Ogata / SECOM

Hoje é o aniversário da cidade de São Paulo. Foi hoje o dia em que as forças mais reacionárias incidiram sobre o prefeito Fernando Haddad. É São Paulo, a capital do reacionarismo.

Uma ciclovia vermelha causa conflito na cidade de São Paulo; motoristas protestam vociferando contra os ciclistas.

Pessoas são capazes de atirar garrafa de água no prefeito em vez de dialogar. Não há diálogo porque a maneira de protestar é criminosa, é agressiva.

A senhora que aparece no vídeo pedindo para o Haddad deixar o PT é a representação mais pura de que a ojeriza coletiva não possui senso. A razão, como diz o jornalista Mino Carta, já foi perdida.

Vivemos tempos bicudos.

São Paulo tem polos solidificados de um conservadorismo muito mais arraigado do que no restante do Brasil.

Vai chegar o dia em que tanto ódio, não encontrando mais espaço para vicejar, escorrerá pelo restante do país.

E a democracia de que tanto falam os golpistas será apenas uma palavra.

Deixe um Comentário!