Blog do Mailson Ramos

Os efeitos negativos da Operação Lava Jato

Os efeitos negativos da Operação Lava Jato

Os efeitos negativos da Operação Lava Jato – Foto: Reprodução

Em nome do combate à corrupção, a Lava Jato vai esfacelar o Brasil; muito mais do que se pensa, a economia dá sinais negativos como sequelas à interminável operação policial.

O sistema de representatividade política está fragmentado. Os observadores mais inteligentes perceberão que nesta luta desenfreada contra a corrupção não foi apenas o PT o maior prejudicado. Não foram somente os seus erros o fiel da balança para estabelecer o esmaecimento da utopia na política brasileira. Sofrem com o desgaste todos os partidos, inclusive aqueles que tomaram de assalto o estandarte da ética sem nunca ter sido capaz ou merecedor de levantá-lo.

A crise política acirra a recessão econômica. Em Brasília, os deputados e senadores não são capazes de desenhar uma moldura onde caibam seus interesses e os interesses do país. O Brasil permanece fora do esquadro, marginalizado, ainda que onipresente. Foi assim durante 2015 e não se vê caminhos diferentes para o ano de 2016. A política, em Brasília, gira sobre as rodas dentadas do maquinário de Curitiba.

A obtusidade faz crer que o sistema punitivo da Lava Jato varrerá a corrupção do Brasil. Constrói-se sobre a figura do juiz Sérgio Moro a heroicidade que ele jamais teve ou terá. O Brasil claudica enquanto se refestela diante do embevecimento da punição aos grandes assaltantes da Petrobras. E continuará manquejando fase após fase de uma operação policial que não tem mais fim. Nunca se imaginou que uma operação policial pudesse para um país. Os corruptos são punidos, mas as empresas muito mais do que eles.

O ministro da Justiça, petrificado nas ações e indolente quanto às suas atribuições e poder, prega a máxima de que a corrupção será combatida sem perdas ou interrupções à força-tarefa. Enquanto isso, os delegados perfazem o compasso de sua caveira, ansiando uma Polícia Federal com autonomia irrestrita, livre do enlace institucional com o ministério da Justiça. Dos segredos de gabinete, com delações serializadas, gravadas em HDs encriptados da Polícia Federal, surgem vazamentos a torto e a direito.

Não se sabe quem são os vazadores (porque não há interesse em investigá-los e puni-los), mas na imprensa há vestígios claros do destino dos vazamentos. É a grande e velha mídia, interessada no esquartejamento do PT, em esviscerar, ao seu modo, a corrupção instalada em todos os partidos, mas visualizada sob um único foco. E delata-se com a precisão de um contador de causos. Não raro, os delatores corrigem quase todos os dias os depoimentos dados a PF. Não costumam se basear em datas e só podem responder ao que lhes foi perguntado, fugindo raríssimas vezes à regra.

Leia também: Advogados manifestam repúdio à ‘inquisitorial’ Lava Jato

Enquanto se pensa em cristalizar a operação e fazê-la migrar de foco investigativo (passar da Petrobras para outras estatais), o Brasil vai sofrendo os efeitos. São efeitos catastróficos e desarranjadores. Fala-se em milhões devolvidos, mas a recessão está aí. Não seria justo que este dinheiro advindo dos esquemas recobrasse a higidez da economia? Não há santidade onde existem interesses políticos e não há imparcialidade na Lava Jato. É de pedra e cal.

Até mesmo o acordo de leniência firmado pela CGU entre governo e empreiteiras envolvidas na Lava Jato foi questionado por procuradores e pelo TCU militante. O governo pretende que os culpados paguem, mas que as empresas voltem a funcionar para reaquecer a economia. Nasceu daí a desinformação de que se pretendia anular as decisões da Lava Jato. Isso nos faz ver como funciona o metódico descarrilar do trem Brasil nas mãos do Sérgio Moro: parar a construção civil, a indústria naval, as petrolíferas, resfriar a economia para desagradar a opinião pública. O resto é com a imprensa.

2 Comentários

  • nos brasileiros estamos muito cansados de tanta corrupçao.queremos um brasil limpo com politicos capazes de gestao o que vemos um bando de ladroes e incompetentes e que nao cairam na real que nao sao capazes de fazer uma gestao que tire o pais do buraco ao inves disso ficam brigando colocando a culpa no outro que vergonha e nao abandonam a carniça .isso sim acaba com o pais e nao um juiz que esta tentando moralizar um pouco nossa politica queremos politicos capazes de uma boa gestao e nao ladroes

  • horrorizada e de mãos atadas, onde um poder Judiciário tendencioso e corrupto destrói um País até saírem as vísceras em nome de combater a corrupção onde a mídia e seus holofotes aplaudem, e o que se vê é uma perseguição incansável ao PT e o PSDB e outros partidos corruptos com suas corrupções totalmente protegidas de qualquer processo…isto é um capítulo de nossa história que estudiosos capazes e imparcial deverá registrar…com seu nomes “heroicamente declarados por uma mídia podre”

Deixe um Comentário!