Notícias

Dilma: Não faço barganha por votos

Dilma: Não faço barganha de votos

Dilma: Não faço barganha de votos – Foto: Lula Marques/Agência PT

A presidenta da República, Dilma Rousseff, disse que não faz barganha de votos e que não tem conta no exterior; nada pesa contra o seu passado e presente.

Na noite desta quarta-feira (2), depois do presidente da Câmara dos Deputados, Eduardo Cunha (PMDB-RJ), anunciar que aceitou pedido de impeachment, a Presidenta Dilma Rousseff afirmou que não faz barganha com o cargo.

“Nos últimos tempos, em especial nos últimos dias, a imprensa noticiou que haveria interesse na barganha dos votos. Eu jamais aceitaria ou concordaria com qualquer pedido de barganha”, afirmou Dilma, em pronunciamento no Palácio do Planalto.

“Hoje [quarta] eu recebi com indignação a decisão do senhor presidente da Câmara dos Deputados de processar pedido de impeachment contra mandato democraticamente conferido a mim pelo povo brasileiro”, disse .

“Não existe ato ilícito praticado por mim. Não possuo conta no exterior e nem ocultei a existência de bens pessoais. Meu passado e meu presente atestam a minha idoneidade. Tenho convicção da improcedência desse pedido”, prosseguiu Dilma.

Para concluir: “Não podemos deixar que as conveniências indefensáveis e os interesses abalarem a democracia e a estabilidade de nosso país. Devemos ter tranquilidade e confiar nas nossas instituições e no estado democrático de direito”, encerrou.

Fonte: Conversa Afiada

1 Comentário

  • Eduardo Cunha verme asqueroso coloca parte do país e o governo federal de joelhos, mas todos devem se tranquilizar, as coisas com muitas dificuldades vão voltar à normalidade.

Deixe um Comentário!