Notícias

O inacreditável: PSDB diz que Cunha se aliou ao governo

O inacreditável: PSDB diz que Cunha se aliou ao governo

O inacreditável: PSDB diz que Cunha se aliou ao governo – Crédito: José Cruz/ABr

 

Tucanos disseram romper com Cunha porque ele se aliou ao governo ao não abrir o processo de impeachment da presidenta Dilma Rousseff. É inacreditável.

No artigo “Quantas faces tem o PSDB?”, o colunista Mailson Ramos alertava para a falsa guinada dos tucanos contra o presidente da Câmara, Eduardo Cunha.

Esta imposição moralista demonstra que no vão dos acontecimentos, os oposicionistas colocariam na conta do governo a criação desta figura esdrúxula e despropositada que é Eduardo Cunha.

Escreveu Mailson Ramos na última quarta-feira (11):

Carlos Sampaio e toda a oposição achincalham a memória do povo.

Na internet há centenas de manchetes (de fevereiro até aqui) para confirmar que eles armaram o laço do caçador em conluio com o achacador-mor da República.

E vão posar de éticos, adentrar nas massas que pedirão o “ForaCunha”.

Porque assim são os tucanos e a direita.

Eles não têm ideias próprias e não sabem ir às ruas como faz a esquerda.

Manterão o discurso de que jamais tiveram ligação com Eduardo Cunha.

E não duvidem se na Comissão de Ética, o PSDB disser que o Cunha era apoiado pelos petistas.

Não precisou esperar as sessões no Conselho de Ética para que o PSDB forjasse a aliança entre Cunha e o governo. Na Folha de S.Paulo a falsa motivação de rompimento dos tucanos é explícita:

Até então aliado a Cunha, o PSDB rompeu por avaliar que houve prejuízo à imagem do partido e que o peemedebista havia se alinhado ao governo para barrar um processo de impeachment contra Dilma Rousseff.

Isso demonstra como os tucanos se sentem acercados da razão porque jamais são acusados e passam ilesos diante da justiça. O rastro de sujeira que deixam jamais é investigado. E tudo sempre converge para prejudicar o governo.

base10

Deixe um Comentário!