Notícias

Abílio Diniz: é preciso superar a questão política

Abílio Diniz: é preciso superar a questão política

Abílio Diniz: é preciso superar a questão política – Crédito: Reprodução

 

Muitos brasileiros, além de Abílio Diniz, também acreditam que a crise política está destruindo o país. Se ela não for estancada, aí sim o Brasil terá sérios problemas.

No JB:

Em entrevista a jornalistas antes de participar do BRF Day em Nova York, o empresário e presidente do conselho da BRF, que é dona da Sadia e da Qualy, Abílio Diniz, afirmou nesta segunda-feira (2/11) que não há uma crise econômica no Brasil, mas sim uma crise política, que tem afetado a confiança de investidores, empresários e consumidores.

Para o empresário, quando o Brasil superar a questão política, virá a solução para a situação econômica “muito rapidamente”.

De acordo com Diniz, ninguém está investindo, porque está faltando confiança. Ele afirma que não sabe o que irá acontecer no curto prazo, mas tem certeza de que a situação vai ser superada. “Tenho total confiança”, afirmou o empresário. Ele destaca ainda que por conta da atual situação, o “Brasil está em liquidação”. Para Abílio Diniz, o país está muito barato para investidores estrangeiros e esse “é o momento de se aproveitar disso”. Segundo ele, estamos em um momento ruim, “mas é um momento.”

Abílio afirmou que vê o dólar no Brasil negociado a R$ 4 como “exagerado” e que os fundamentos atuais da economia brasileira não justificam a moeda norte-americana nesse patamar. Para o empresário, o mais justo seria a divisa ser negociada ao redor de R$ 3,50.

“Todo mundo diz que o Brasil está em crise. Eu amo a crise, em toda a minha vida eu cresci em crises. Não há crise econômica no Brasil“, ressaltou o empresário. Abílio contou que passou por vários momentos complicados da economia brasileira em sua vida e citou como exemplo a crise da dívida nos anos 90, quando estava no Conselho Monetário Nacional (CMN) e participou das negociações em Nova York. “Agora, o País tem US$ 370 bilhões de reservas em dinheiro. É completamente diferente”, disse ele.

base10

Deixe um Comentário!