Notícias

Preciado, cunhado de Serra, foi protegido por Baiano

Preciado, cunhado de Serra, foi protegido por Baiano

Preciado, cunhado de Serra, foi protegido por Baiano – Foto: Uol

 

Gregório Preciado era o protegido de Fernando Baiano. Matreiro, o delator conseguiu esconder o cunhado de José Serra. O que espera Moro para adentrar nos autos?

Uma coisa é certa: se Delcídio disse que Fernando Baiano era “matreiro” durante as suas delações e protegeu o tempo inteiro aquele que o comandava (Gregório Preciado), mentiu descaradamente como, aliás, conjectura-se, pode ter acontecido o mesmo com outros delatores.

Esta gravação é uma bomba e se houve outra, com teor tão assombroso, teremos nos próximos dias momentos de apocalipse na política brasileira. E o que se espera da justiça de Curitiba é que investigue o tal Gregório Preciado. Aí tem truta, diria um velho amigo.

No Jornal do Brasil:

O senador Delcídio do Amaral afirmou, nas gravações feitas por Bernardo Cerveró, que o lobista Fernando Baiano protegeu na sua delação premiada o empresário Gregório Marin Preciado, casado com a prima do senador tucano José Serra.

“Você vê como ele (Baiano) é matreiro. Na delação, ele conta como me conheceu, que eu era diretor e o Nestor era gerente. Que ele foi apresentado a mim por um amigo. Ele poupou. Era o Gregório Marin Preciado”, disse Delcídio.

Leia também: Bomba: Serra e Alstom em novo áudio de Delcídio

D acordo com o senador petista, Preciado teria participado de uma reunião na Espanha para tratar de um projeto da Petrobras no qual houve pagamento de propina. “O Serra me convidou para almoçar outro dia (…) Ele [Preciado] é cunhado do Serra. E uma das coisas que eles levantaram nessa reunião na Espanha, eu não sei [se] sobre sondas ou Pasadena, mas houve uma reunião na Espanha, e existia esse espanhol que não foi identificado. E é o Gregório. É o Gregório. O Nestor conheceu o Gregório.”

Deixe um Comentário!