Notícias

Partidos assinam manifesto favorável a Cunha

Partidos assinam manifesto favorável a Cunha

Partidos assinam manifesto favorável a Cunha – Crédito: José Cruz/ABr

Eduardo Cunha recebeu apoio de 12 líderes de partidos, ontem (11), na Câmara dos Deputados. Depois eles reclamam quando se diz que esta legislatura é uma vergonha.

Depois os deputados vão dizer que a Câmara e esta legislatura não são envergonham o país; Ontem (11), o líder do PSC, deputado André Moura (PSC-SE) leu manifesto de apoio de 12 partidos a Eduardo Cunha. Deputados que não concordavam com as posições dos seus partidos, ocupavam pediam a palavra e declaravam o não apoio ao manifesto. Um deles foi Silvio Costa (PSC-SE) que disse respeitar a posição do partido e do seu líder André Moura, mas que aquela não era a sua posição.

Enquanto a sociedade civil e os movimentos sociais começam a se mobilizar para afastar o presidente da Câmara, os deputados o blindam; esta é apenas uma demonstração do que eles deverão fazer no Conselho de Ética.

Partidos assinam manifesto em defesa de Eduardo Cunha

O líder do PSC, deputado André Moura (SE), leu nesta quarta-feira (11), em Plenário, um manifesto assinado por 12 partidos em defesa do presidente da Câmara dos Deputados, Eduardo Cunha, alvo de acusações relativas a supostas contas no exterior. Mais cedo, o PSDB havia pedido o afastamento de Cunha. Moura, no entanto, disse que o manifesto pró-Cunha representa 230 deputados, quase a metade da Casa.

Leia também: Cunha: ter conta na Suíça não é nada demais

Ele disse que está havendo politização do debate e que Cunha terá o direito de se defender no Conselho de Ética e Decoro Parlamentar, sem que isso interfira na condução da Casa. “Ratificamos total apoio e confiança em sua condução na Presidência da Câmara. Eventuais disputas políticas não podem prevalecer para paralisar o funcionamento da Casa num momento em que se espera a votação de projetos importantes”, disse Moura, dirigindo-se a Cunha.

O documento é assinado pelos líderes do PR, PMDB, PSC, PP, PSD, PRP, PTB, PTdoB, PEN, PHS, PTB e SD.

Cunha responde a processo por suposta quebra de decoro no Conselho de Ética, em que é acusado de mentir aos parlamentares quando disse, à Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) da Petrobras, que não tem contas no exterior. Cunha, no entanto, rebate a acusação e diz que vai provar não haver mentido aos pares.

1 Comentário

Deixe um Comentário!