Notícias

Lula vai à Brasília insistir na demissão de Levy

Lula vai à Brasília insistir na demissão de Levy

Lula vai à Brasília insistir na demissão de Levy – Crédito: Ricardo Stuckert/Instituto Lula

 

Durante entrevista ao SBT na última semana, o ex-presidente Lula criticou as políticas econômicas de Levy; agora, segundo o JB, ele vai a Brasília para pedir a cabeça do ministro. Para Lula, o momento é de Henrique Meirelles.

O ex-presidente Lula deve desembarcar novamente em Brasília nesta quinta-feira (12) para pedir à presidente Dilma Rousseff a cabeça do ministro da Fazenda, Joaquim Levy. A trégua pedida pelo próprio ex-presidente contra a área econômica não demorou um mês.

Lula insistirá na substituição de Joaquim Levy pelo ex-presidente do Banco Central, Henrique Meirelles. É a terceira tentativa do ex-presidente Lula na troca do comando da economia nacional. A visita coincide com as cobranças públicas que aliados do governo têm feito contra Levy.

Há menos de um mês Lula teve a mesma conversa com sua sucessora, mas ela pediu um tempo até o final do ano para decidir. Os políticos mais próximos ao ex-presidente passaram então a anunciar que Meirelles estaria sendo “preservado” para o final do ano.

Leia mais: Levy abraça ideia do Serra: seriam dois entreguistas?

A mudança de estratégia, a fim de precipitar a troca do comando do Ministério da Fazenda, se explica pelo fracasso de política econômica, pelo agravamento da crise e pela ausência de nomes que aceitem a missão. Outro complicador é que as medidas de Levy estão congeladas no Congresso Nacional desde sua apresentação. Nenhuma delas foi votada após a reforma do ministério, há um mês.

Henrique Meirelles tem conversado com várias pessoas do mercado financeiro e do mundo político. A todos eles tem reiterado que, se convidado, admite pensar, mas coloca como condição o controle total da economia. Ou seja, Meirelles aceita se também influenciar no nome do ministro do Planejamento e no comando de todo o Banco Central.

base10

Deixe um Comentário!