Notícias

Conselho de Ética instaura processo contra Cunha

Processo de cassação de Cunha é aberto no Conselho de Ética

Processo de cassação de Cunha é aberto no Conselho de Ética – Crédito: Gustavo Lima / Câmara dos Deputados

 

Eduardo Cunha diz que vai provar que falou a verdade à CPI da Petrobras, quando reafirmou que não tinha contas fora do país.

No Estadão:

[…]

O presidente do Conselho de Ética, José Carlos Araújo (PSD-BA), sorteou os deputados Zé Geraldo (PT-PA), Vinícius Gurgel (PR-AP) e Fausto Pinato (PRB-SP) para compor a lista tríplice de onde ele escolherá o relator do processo por quebra de decoro parlamentar contra o presidente da Câmara, Eduardo Cunha (PMDB-RJ). A ação pode culminar com a cassação do peemedebista. Araújo anunciará seu escolhido nesta quarta-feira, 04, após conversar com os três sorteados.

Eduardo Cunha é acusado de ter mentido à CPI da Petrobrás ao negar que possuía contas no exterior. Posteriormente, a pedido da Procuradoria-Geral da República, um inquérito foi aberto no Supremo Tribunal Federal para apurar se contas atribuídas a Cunha na Suíça foram abastecidas com propina do esquema de corrupção da Petrobrás investigado na Operação Lava Jato.

Não puderam participar do sorteio deputados do mesmo Estado, partido e bloco partidário de Cunha. Com isso, além do presidente, ficaram de fora os deputados peemedebistas Washington Reis (RJ) e Mauro Lopes (MG).

Araújo pediu ao deputado Júlio Delgado (PSB-MG) que não participasse do sorteio para evitar que Cunha utilize sua eventual indicação para contestar o conselho, já que Delgado foi seu adversário na disputa pela presidência da Câmara. “Para preservar vossa excelência, este conselho e a mim, faço este apelo”, disse o presidente do colegiado. “Vou atender o apelo de vossa excelência”, disse Delgado. “Não tenho qualquer tipo de constrangimento. O pedido aposto à Corregedoria pedindo o afastamento do presidente foi subscrito por mim. Pelo princípio da celeridade processual, vou atender ao pleito de vossa excelência”, respondeu o deputado do PSB.

Os deputados Cacá Leão (PP-BA), que caiu do cavalo, e Wladimir Costa (SD-PA), que está com problemas de coluna, não participaram por estarem de licença médica. Com isso, apenas 15 parlamentares participaram do sorteio.

A participação de Fausto Pinato foi possível graças a uma decisão de Araújo, que ampliou as possibilidades de aliados de Cunha relatarem o processo por quebra de decoro parlamentar, conforme o Estado mostrou na edição desta terça-feira. O presidente do conselho decidiu adotar a formação atual de blocos partidários para a organização do sorteio.

[…]

base10

Deixe um Comentário!