Mídia Notícias

Em editorial, O Globo rechaça Eduardo Cunha

Em editorial, O Globo rechaça Eduardo Cunha

Em editorial, O Globo rechaça Eduardo Cunha – Crédito: Lula Marques/Agência PT

 

Depois que as provas passaram de cabais a irrefutáveis, O Globo lança editorial pedindo o afastamento do presidente da Câmara dos Deputados, Eduardo Cunha.

Não é de se estranhar que a grande mídia demorasse tanto tempo para rechaçar o Eduardo Cunha; tanto porque nem mesmo os seus aliados já não fazem questão de protegê-lo – com a exceção de Aécio, o silencioso, e Paulinho da Força, aquele que somente se interessa por derrubar a presidenta Dilma.

Saiu em O Globo:

Há um estranha anestesia na sensibilidade do mundo político. Se, em 2005, o presidente da Câmara, Severino Cavalcanti (PP-PE), foi enxotado ao se confirmar que recebia um “mensalinho” de R$ 10 mil de um concessionário de restaurante, a semana começou sob o impacto do noticiário das milionárias contas na Suíça do atual presidente da Casa, Eduardo Cunha (PMDB-RJ), sem que houvesse a mesma indignação de há dez anos.

Pode-se gastar muita tinta e papel em debates sobre o porquê da letargia. O importante, porém, é estabelecer-se que Severino não poderia continuar. Nem Cunha deve se manter na cadeira que já foi de Severino — mas principalmente de Ulysses Guimarães —, depois de revelada a existência das contas, abastecidas por milhões desviados do esquema de corrupção instalado na Petrobras — salvo sólido desmentido do deputado.

Depois de todas as provas divulgadas, o mínimo que se espera é seu afastamento da presidência da Casa. Isso teria de ocorrer com o país na normalidade. E num momento como o atual, em que uma crise política turbina a debacle econômica, o afastamento precisa ser ainda mais rápido.

O Congresso tem de estar a salvo de outras injunções para aprovar o que é necessário, a fim de que o país saia da turbulência, com o mínimo de danos. Mas, não. Oposição e a base fragmentada da situação se posicionam na questão Cunha de forma oportunista, para faturar dividendos.

[…]

base-banner22

1 Comentário

  • Finalmente, parece q despertou Vida inteligente neste jornal, ou será que “as cordas do fantoche das oligarquias, se embaraçaram ou se romperam? Já não os serve mais?” No jargão popular (ou pra pular como queiram). Como disse nosso saudoso poeta “E agora Josê…? Vai ficar sem dinheiro… José para onde…?” …PRA CADEIA!!! E a bela ancora “SHERAZÊDO defenda-o aí, de seu refrigerado e bem pago pedestal”. Quero vêr tirar essa onda, dura e desempregada! Da próxima vez informe-se melhor e não meta sua colher em “Panela Suja!”.

Deixe um Comentário!