Notícias

Diretor da Câmara cogita suicídio de Dilma em seu blog

Diretor da Câmara cogita suicídio de Dilma em seu blog

Diretor da Câmara cogita suicídio de Dilma em seu blog – Crédito: Reprodução/Youtube

 

Figuras pouco edificantes como a de Cláudio Lessa estão jorrando aos borbotões da política brasileira. Imagine que este sujeito mantém um blog (em português e inglês?!) em que difama a presidenta Dilma e o PT. Seria muito natural se ele não fosse diretor da Secretaria de Comunicação Social da Câmara.

blog

Do GGN:

Claudio Lessa, diretor-executivo da Secretaria de Comunicação Social da Câmara dos Deputados, fez uma enquete em seu blog pessoal cogitando as saídas para a atual crise política e econômica do País. Entre as opções está o suicídio da presidente da República, Dilma Rousseff. A petista e seu partido são alvos de “piadas politicamente incorretas” do funcionário da Câmara.

Segundo reportagem da Folha, Lessa alegou seu blog “é um espaço de galhofa para manifestar suas posições particulares, alimentado fora do horário de expediente, e que de maneira alguma influencia suas atitudes institucionais na diretoria de comunicação da Câmara. Ele ressaltou ainda que só elaborou as três primeiras perguntas da enquete, incluindo a da intervenção militar, e que as outras três foram incluídas por leitores.”

Para Lessa, seu blog é um “blog cidadão”, “particular”, não alimentado durante o horário de serviço, e que comporta sua “visão da sociedade como cidadão”. “Eu procuro encarar as coisas com humor. Isso é uma piada, não uma definição ‘pá pá pá’. Se olhar o blog vai ver que é tudo piada”, comentou.

Segundo ele, a opção com a sugestão de que Dilma se mate foi aceita porque seu blog é “absolutamente democrático”.

Segundo a Folha, Lessa assumiu a diretoria da Secom em setembro passado.

Procurada, a assessoria do presidente da Câmara, Eduardo Cunha (PMDB), disse que vai pedir que Lessa “que, enquanto estiver no cargo, se exima de emitir opiniões pessoais que comprometam sua isenção”.

base-banner22

Deixe um Comentário!