Notícias

Dilma: acordo de Cunha era com a oposição

Dilma: acordo de Cunha era com a oposição

Dilma: acordo de Cunha era com a oposição – Crédito: Roberto Stuckert Filho/PR

 

Na Suécia, a presidenta Dilma Rousseff disse aos jornalistas que o governo não fez acordo com Eduardo Cunha. Segundo ela, quem tinha acordo com Cunha era a oposição.

Do G1:

[…]

“Eu acho fantástica essa conversa de que o governo está fazendo acordo com quem quer que seja. Até porque o acordo do Eduardo Cunha não era com o governo, era com a oposição e é público e notório”, disse Dilma em entrevista coletiva em Estocolmo. Na última quinta-feira (15), Cunha também negou haver qualquer acordo com o governo.

Segundo a petista, as conversas com presidentes de outros poderes se resumem a votações de matérias no Congresso. “Eu acho estranho atribuírem ao governo qualquer tipo de acordo que não seja acordo que se faz com presidente de poder para passar CPMF [Contribuição Provisória sobre Movimentação Financeira], DRU [Desvinculação das Receitas da União], MPs [medidas provisórias]”, argumentou.

Ao comentar as provas da existência de contas na Suíça contra Eduardo Cunha, a presidente afirmou que “lamenta que seja um brasileiro”.

Questionada se as denúncias contra o peemedebista causam constrangimento ao Brasil no exterior, ela respondeu que seria “estranho se causassem”. “Ele [Cunha] não integra o meu governo. Eu lamento que seja um brasileiro, se é isso que você [repórter] está perguntando”, disse.

Para a presidente, o episódio envolvendo o presidente da Câmara não desgasta a imagem do Brasil. “Eu não diria isso. Acho que se distingue perfeitamente no mundo o país de qualquer um de seus integrantes. Nenhum país pode ser julgado por isso ou por aquilo, nem o Brasil nem a Suécia nem os Estados Unidos. E não se julga assim, acho que essa pergunta [sobre se prejudica ou não] bastante capciosa”, afirmou.

[…]

base-banner22

Deixe um Comentário!