Notícias

Instituto Lula lança Memorial da Democracia

Instituto Lula lança Memorial da Democracia

Instituto Lula lança Memorial da Democracia – Crédito: Reprodução/Screen

 

O Instituto Lula inaugurou ontem (1) o Memorial da Democracia.

O povo brasileiro hoje tem liberdade para se expressar, para se organizar e se manifestar. Pode escolher livremente seus governantes e representantes. Mas nem sempre foi assim. A democracia não caiu do céu. Demandou muita luta. Custou o sacrifício de muitos brasileiros e brasileiras, desde os tempos do Brasil-Colônia até hoje.

O Memorial da Democracia, portal multimídia interativo do Instituto Lula, celebra essa história viva, escrita por todos que durante cinco séculos, lutaram pela justiça e pela liberdade.

Concebido por uma equipe de jornalistas, historiadores, artistas e pesquisadores, o Memorial é um espaço dedicado às lutas na construção de um país mais justo, livre e soberano. Seu objetivo é colocar à disposição de todos os brasileiros conteúdos dinâmicos sobre a longa caminhada desde a Colônia até o século 21 em busca de democracia com justiça social.

O Memorial da Democracia será lançado com dois módulos que abordam os períodos mais recentes da nossa história. O primeiro (1964 a 1985) registra a corajosa resistência de tantos brasileiros contra a ditadura militar e o terror do Estado. Dá conta ainda da vigorosa retomada das lutas sociais, que levariam à derrocada do autoritarismo e à promulgação da Constituição Cidadã. O segundo módulo (1985 a 2002) mostra como a reconquista da democracia permitiu ao povo lutar com mais força por seus direitos, colocando a inclusão social na agenda do país. Tudo isso tendo como pano de fundo uma extraordinária produção cultural, vibrante, crítica, bem humorada e irreverente.

O Instituto já está trabalhando em mais três módulos, que englobam os períodos de 1930 a 1945, de 1945 a 1964 e também os dois mandatos de Lula, de 2003 a 2010.

Nos dois módulos lançados agora, a navegação pode ser feita através da linha do tempo e dos extras. A linha do tempo oferece cartões em ordem cronológica com informações sobre os principais fatos e eventos. Trata-se da forma básica de navegação. Ela é complementada pelos extras, que mergulham mais fundo em alguns temas que não se prendem a datas específicas, atravessando períodos mais longos. Ao todo, são cerca de 440 episódios e mais 19 extras.

O Memorial tem uma proposta multimídia, oferecendo aos visitantes textos, fotos, charges, desenhos, cartazes, panfletos e documentos, fac-símiles de notícias da imprensa, exemplares virtuais de jornais, áudios com trechos de canções e discursos, segmentos de filmes e vídeos etc. No caso dos Extras, a linguagem é intencionalmente mais leve e lúdica, buscando dialogar com o público jovem.

Para acessar o site do Memorial da Democracia, clique aqui.

base-banner22

Deixe um Comentário!