Blog do Mailson Ramos Notícias

A desafiadora resposta do PT

A desafiadora resposta do PT

A desafiadora resposta do PT – Crédito: Reprodução

 

O programa do PT exibiu ontem (6) na TV uma reação aos prováveis protestos da próxima semana, mas, sobretudo, explorou as conquistas do governo e incentivou os brasileiros a compreender a essência política da crise.

O discurso do site Nossa Política é sempre a favor do diálogo. A presidenta Dilma Rousseff, a partir de nossa humilde proposição, dialogar com o povo brasileiro, dizer as verdades que estão escondidas sob o manto da hipocrisia política dos oposicionistas. O PT, por sua vez, também deveria abrir uma conversa franca com os brasileiros e mostrar que a criminalização proposta pela mídia não é mais do que resultado de uma aversão política, seletiva e hipócrita.

O PT mostrou que o discurso oposicionista não tem interesse em ajudar o Brasil, mas sim desestruturá-lo para evidenciar as debilidades do país e assim derrubar o governo. O PT tem erros e erros gravíssimos que podem ser observados, dirimidos e corrigidos, mas isso jamais dependerá da oposição porque ela não dialoga e não está interessada em salvar o Brasil. O governo precisava de coragem para explorar neste momento de crise uma interação dialógica com o brasileiro simples.

Não é, no entanto, para os reacionários paneleiros que o governo tem se lançado ao diálogo. Eles não querem dialogar, querem bater panelas. E quando se bate panela não é para representar a falta de comida na mesa: é para dizer com toda a soberba que o Brasil do senhorio já se acabou; para dizer que eles têm saudade do tempo da Casa Grande e não estão dispostos a perder suas posições naquilo que se chamou de Brasil excludente. É, sobretudo, uma maneira de mostrar que se não há discurso para atestar os erros de um governo, o melhor é tacar uma colher no metal e estamos conversados: voltamos à Idade Média.

Mas mesmo assim o programa do PT deu uma alfinetada nos nobres paneleiros. E tentou mostrar ao brasileiro que, além do governo, ele é o responsável por não internalizar a crise. O site Nossa Política também tem percebido que a crise política é mais nociva do que a econômica. E se apresenta como uma sintomática ruptura dos poderes institucionais. O programa do PT tocou neste assunto porque somente assim o brasileiro pode entender o que está acontecendo com o país.

Estamos diante de uma situação de crise e o governo jamais a escondeu. Países da Zona do Euro sofrem com esta crise há mais tempo e aqueles que entraram agora também estão enfrentando problemas sérios. Acontece é que no Brasil existe a supervalorização da desgraça nacional: somos os piores em tudo, a mais imperfeita república das bananas, os originários do complexo de vira-latas. Cabe ao brasileiro interpretar as palavras do governo e entender que o PT não é o melhor dos partidos, mas também não é o pior.

 

base-banner22