Notícias

Romário deve acionar jornalistas da Veja

Romário deve acionar jornalistas da Veja

Romário deve acionar jornalistas da Veja – Crédito: Edilson Rodrigues/Agência Senado

Além da capa contra Lula, a revista Veja publicou matéria afirmando que o senador Romário teria uma conta não declarada na Suíça; o ex-jogador prometeu acionar os jornalistas que assinaram a matéria.

O senador Romário (PSB-RJ) divulgou nota oficial neste sábado desmentindo matéria publicada pela edição desta semana da revista Veja. Segundo a publicação, o presidente da CPI do Futebol tem uma conta em um banco da Suíça com valor equivalente a R$ 7,5 milhões não declarados à Justiça Eleitoral e à Receita Federal.

Além da matéria contra o ex-presidente Lula, que também foi desmentida pelos advogados da OAS, a publicação do grupo Abril investiu na ofensiva contra o presidente da CPI da CBF. Romário divulgou uma nota à imprensa dizendo-se surpreso pela notícia: “Na quinta-feira fui informado por um repórter da Veja que eu tinha uma conta na Suíça com o saldo de alguns milhões. A matéria saiu na revista hoje. Obviamente, fiquei muito feliz com a notícia, assim que possível, irei ao banco para confirmar a posse desta conta, resgatar o dinheiro e notificar à Receita”, disse o ex-jogador de futebol.

Romário aproveitou para percorrer os meandros da matéria expondo a experiência da Veja em tecer mentiras. “Mas como se trata da revista Veja, se a informação estiver errada não será nenhuma surpresa. Essa mesma matéria diz, por exemplo, que eu desfilo de Ferrari pelas ruas do Rio, algo impossível já que o carro já não se encontra na cidade há alguns anos. A saber, o veículo foi comprado em 2004. O repórter diz ainda que eu teria negociado com meu partido, o PSB, o pagamento do aluguel da casa onde moro no Lago Sul, como uma forma de compensar minha refiliação a legenda. Essas e outras mentiras costuram o enredo de uma farsa. Coisa que a revista tem expertise em fazer”, afirmou Romário.

O “baixinho” ainda atenta para o fato de que a revista Veja está interessada em manipular notícias e a mentir por interesses escusos: “Mas uma semana depois de eu despontar com alto índice de intenções de votos p a prefeitura do Rio, a matéria foi resgatada com este fato novo da conta na Suíça. Difícil é esperar credibilidade de uma revista como essa, que vende capa”.

Romário deve acionar juridicamente os jornalistas que assinaram a matéria “Aos meus concorrentes, minhas pretensões se fortalecem com matérias como essas. Aos repórteres que assinam muitas mentiras, nos vemos na justiça”, disse em tom de afronta.

base-banner22