Notícias

“Cadê o dinheiro?”, ironiza Romário em Genebra

“Cadê o dinheiro?”, ironiza Romário em Genebra

“Cadê o dinheiro?”, ironiza Romário em Genebra – Crédito: Reprodução/Facebook

 

O senador do PSB foi até a Suíça para resgatar o dinheiro que, segundo matéria da revista Veja, se achava numa conta. Romário deve processar os jornalistas que assinaram a matéria e publicaram, segundo ele, documentos falsos.

O senador Romário postou foto no Facebook hoje (29), na cidade de Genebra, Suíça, satirizando a revista Veja. “Galera, bom dia! Chateado! Acabei de descobrir aqui em Genebra, na Suíça, que não sou dono dos R$ 7,5 milhões. Aguardem mais informações… Agora, aqueles que devem, podem começar a contar as moedinhas, porque a conta vai chegar de todas as formas. Eu não finjo ser decente, não faço de conta ser sério e pareço ser correto. Eu sou!”, publicou em sua conta pessoal.

Agora há pouco ele voltou a chamar a atenção para os documentos falsos apresentados pelos jornalistas da Veja na matéria assinada pelos repórteres Thiago Prado e Leslie Leitão. “Alguém aí tem notícias dos repórteres da revista Veja Thiago Prado e Leslie Leitão, que assinaram a matéria afirmando que tenho R$ 7,5 milhões não declarados na Suíça? E do diretor de redação Eurípedes Alcântara? Dos redatores-chefes Lauro Jardim, Fábio Altman, Policarpo Junior e Thaís Oyama? Gostaria que eles explicassem como conseguiram este documento falso”.

Romário chama a atenção para a matéria veiculada na revista Veja na semana passada. De acordo com a revista, o Ministério Público Federal teria extrato da conta, com data de 30 de junho deste ano. Nesse extrato, constaria um crédito de rendimentos em aplicações no período de um ano a partir de 31 de dezembro de 2013. Manter dinheiro no exterior não é proibido. Mas, pela legislação em vigor, contas com saldo superior a US$ 100 mil devem ser informadas à Receita Federal, para a cobrança do imposto devido.

Romário deve acionar a justiça e processar os responsáveis pela matéria.

base-banner22