Notícias

Habeas Corpus de Lula e a mentira de Caiado

Habeas Corpus de Lula e a mentira de Caiado

Habeas Corpus de Lula e a mentira de Caiado – Crédito: Viola Jr/ Câmara dos Deputados

 

Habeas Corpus de Lula e a mentira de Caiado

Dois pontos importantes a definir: o primeiro é que o valor da notícia parece ter se perdido nas redações da imprensa brasileira. Valor de notícia. A imprensa tem replicado informações que, se contadas para uma criança, correm o risco de serem desacreditadas por ela. Qualquer um sabe que o ex-presidente Lula não está sendo investigado pelo Ministério Público. E se não existe investigação, não existe também a possibilidade de uma prisão preventiva; sem prisão preventiva, por que haveria a necessidade de um habeas corpus? Durante o dia de ontem, a notícia deste habeas corpus infestou as manchetes dos jornais.

O segundo ponto é a irresponsabilidade de Caiado, este ser desprezível que replicou no Twitter a cópia do pedido de liberdade de Lula. Caiado, fiel às suas mentiras, afirmou que o pedido teria sido feito pelo próprio ex-presidente. Oposição irresponsável, baixa, desorganizada e insensata. A crise de representação tem corroído o governo por baixo. Mas a oposição no Brasil parece não lutar contra o governo. Ela luta é contra o país. A matéria abaixo é do site Cenário MT.

O líder do governo na Câmara, deputado José Guimarães (PT-CE), protestou no Plenário contra a atitude do senador Ronaldo Caiado (DEM-GO), que divulgou no Twitter uma cópia de pedido de habeas corpus preventivo impetrado na Justiça Federal do Paraná em nome do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva. O senador afirmou que o pedido teria sido feito por Lula, por medo de ser preso.

“Nós lamentamos que uma liderança nacional da oposição se preste a esse papel. Esse tipo de conduta tem que ser repudiado por todos os democratas que lutam pelo Estado Democrático de Direito”, disse ele. Segundo o líder, o senador “semeou uma mentira descabida e terminou contaminando as redes sociais”.

O Tribunal Regional Federal da 4ª Região (TRF-4) informou à imprensa que o habeas corpus preventivo foi impetrado pelo cidadão Maurício Ramos Thomaz, de Campinas (SP), em favor do ex-presidente. De acordo com o tribunal, qualquer pessoa pode entrar com esse tipo de recurso, não sendo necessária a representação de um advogado. Nas redes sociais, Maurício Thomaz participa da comunidade “Mexeu com Lula mexeu comigo”.

Guimarães afirmou ainda que é “inaceitável” e “inacreditável” que um dos principais líderes da oposição “propague essa inverdade grosseira contra essa liderança do porte do grande presidente Luiz Inácio Lula da Silva”.

(Acompanhe as publicações do Nossa Política no Facebook. Curta aqui).