Notícias

“Eu tenho o WhatsApp do ACM Neto”

“Eu tenho o WhatsApp de ACM Neto”

“Eu tenho o WhatsApp do ACM Neto” – Crédito: Reprodução/Youtube

 

“Eu tenho o WhatsApp do ACM Neto”

A população brasileira, em geral, está desacostumada a cumprir as leis. E todas as vezes que é submetido a uma punição por não respeitá-las, passa a se sentir tão importante quanto quem a aplica. Aparecem advogados, juristas, legisladores para fazer entender que a lei não é válida. A lei é tão inválida que, se necessário, sacaria meu celular para enviar uma mensagem via WhatsApp ao prefeito ACM Neto. São estes mesmo que depois vão sacar suas panelas, topar nas sacadas de seus apartamentos o funk da anticorrupção. Matéria é da redação do Portal Fórum.

Um vídeo publicado no YouTube mostra a reação de alguns motoristas por serem multados ao estacionarem indevidamente na vaga de idosos em um shopping de Salvador. Informados de que a infração renderia uma multa de R$ 53,18 e três pontos na carteira, os condutores ainda se disseram indignados e reclamaram com os agentes de trânsito.

“Acho um absurdo realmente ser multado, já gastei no shopping, paguei para vir, estacionei no shopping e vou pagar a mais. Estou realmente muito transtornado e chateado com isso”, disse um dos homens que aparecem nas imagens.

Apesar de ter uma placa avisando que a vaga era exclusiva para pessoas acima de 60 anos, os motoristas não reconheceram o erro. “Você está sujeito a uma academia em que paga uma mensalidade caríssima, que chega a R$ 450 reais. Você não tem direito a um estacionamento ou um manobrista sequer”, reclamou outro homem multado.

Ele, que se apresentou como professor de Direito, ainda tentou justificar na lei a situação. “Só porque está escrito que é de idoso e tem que ter credencial eu deveria ser multado? Acho que não”. Quando os agentes disseram que não teriam autoridade para retirar a multa, disparou: “E quem tem? O ACM Neto, que malha aqui? Eu tenho o WhatsApp dele!”.

O vídeo, publicado em 1º de maio, foi visto por mais de 35 mil pessoas. A maioria dos internautas criticou a postura dos motoristas.

(Acompanhe as publicações do Nossa Política no Facebook. Curta aqui).