NP Online » Blog do Mailson Ramos » Palocci escreveu a carta do ‘petista decorativo’
Blog do Mailson Ramos

Palocci escreveu a carta do ‘petista decorativo’

Palocci escreveu a carta do ‘petista decorativo’
Palocci escreveu a carta do ‘petista decorativo’
A missiva escrita por Antônio Palocci tem o mesmo conteúdo degradante daquela carta enviada por Michel Temer a Dilma Rousseff quando se dispôs a traí-la.

A carta de Palocci – que fala em divinização do Lula – parece ter escrita por um desses garotos do MBL; e representa literalmente a personalidade dos procuradores e do juiz que comanda a Lava Jato. Palocci não fala como alguém que está preso, mas como um membro da força-tarefa.

Não bastasse o enredo do seu depoimento e as expressões emblemáticas como ‘pacto de sangue’ ao se referir à relação entre Lula e Odebrecht, Palocci agora disse que o PT não é uma ‘seita guiada por uma divindade’.

E confirmou que mudou de discurso ‘para falar a verdade’.

Talvez seja esta mudança de discurso que o tornou de carne e osso – e não um ícone político como Lula e Dirceu. Talvez por rastejar sob os pés do juiz parcial de Curitiba – aquele que pisa em tapete vermelho em sessão de cinema – Palocci tenha se tornado um exemplo de como a ‘luta contra a corrupção’ é só contra a corrupção do PT.

E ela já não se lembra de que a sua prisão foi antecipada por Alexandre de Moraes, então ministro da Justiça do governo Temer, em visita à sua cidade natal, Ribeirão Preto; ele não se lembra de que deveria delatar grandes empresas e mesmo a Globo, como antecipou a Record em matéria especial; Palocci não se lembra de quem foi.

Na verdade ele não se esqueceu. Fizeram-no esquecer.

Esta carta foi apenas mais um estratagema para destruir Lula, o PT e consagrar a Lava Jato como objeto insigne de devoção dos brasileiros. Enquanto o país é destruído e vendido em setores.

Não demora muito o Palocci terá o mesmo destino daqueles que se valeram de mentiras para escapar das garras de Sérgio Moro: a liberdade ainda que com tornozeleira eletrônica.