Palco armado para a salvação de Temer

Palco armado para a salvação de Temer

Palco armado para a salvação de Temer

Pelas informações do noticiário sobre a compra de parlamentares – a feira de negócios espúrios que se tornou a Câmara –¨Michel Temer deverá escapar de investigação.

Enquanto tem político preocupado com a Venezuela, Michel Temer sai comprando votos para barrar a investigação da denúncia apresentada contra ele por corrupção passiva. Somente em emendas parlamentares se gastou R$ 17 bilhões.

Teve deputado que tatutou o nome do presidente ilegítimo e recebeu R$ 7 milhões em emendas: um recorde na festa de favores trocados para a salvação de um mandatário sem apoio popular e sem escrúpulos.

Enquanto isso, Temer foi às redes sociais falar sobre o saque de R$ 43 bilhões das contas inativas do FGTS. É só mais uma cortina de fumaça criada pelo governo às vésperas do evento inédito que é a Câmara autorizar ou não um processo de investigação contra um presidente da República no exercício do cargo.

A decisão dos deputados afeta muito mais do que o destino de Temer. Coloca em evidência a figura de Rodrigo Maia – primeiro na linha sucessória.

Aprovado por apenas 5% da população, Temer se tornou o homem das negociatas espúrias enquanto o governo moribundo navega feito uma nau sem comandante.

As palavras dos governistas não representam nada diante da crise que se alastra pelo país. Disso se pode aferir que o golpe foi em nome de privilégios para deputados acostumados a se fartar com negociatas às vésperas de grandes votações.

Enquanto se fala em contingenciamento, em corte de investimentos, em austeridade, Michel Temer se apossa do tesouro para fugir da justiça. justiça com jota minúsculo mesmo em início de frase.

Porque se tivéssemos uma Justiça de verdade, Temer não estaria onde está.


Deixe um Comentário!