NP Online » Mídia » Instituto prevê que Google e Facebook podem ultrapassar a Globo em 2023
Mídia

Instituto prevê que Google e Facebook podem ultrapassar a Globo em 2023

Instituto prevê que Google e Facebook podem ultrapassar a Globo em 2023
Instituto prevê que Google e Facebook podem ultrapassar a Globo em 2023
Google e Facebook estariam muito próximos de alcançar a receita da maior emissora de TV do país, a depender do crescimento do mercado de TV e Internet.

Nossa Política reproduz artigo de Samuel Possebon sobre a divulgação de novos dados em relação ao mercado publicitário no Brasil no primeiro semestre de 2017:


Quando Google e Facebook passarão a TV Globo em publicidade?

Esta semana a Kantar Ibope Media divulgou novos dados em relação ao mercado publicitário no primeiro semestre. Os dados do instituto não são precisos para que se estime o mercado publicitário em valores reais, pois a metodologia considera apenas valores cheios de tabela dos diferentes veículos, sem os descontos praticados pelo mercado. Com isso, o número estimado pelo Kantar Ibope foi de um bolo publicitário de R$ 62 bilhões até junho. Este número não reflete efetivamente os números verdadeiros do mercado publicitário por conta da metodologia, mas permite que se faça um acompanhamento da evolução periódica, o que mostra um aumento de 2% do mercado no primeiro semestre em relação ao mesmo período de 2016.

Mas e os números reais? Para se ter uma ideia, a estimativa de um dos principais grupos de mídia brasileiro é de que em todo o ano de 2016 o bolo publicitário tenha ficado na casa dos R$ 37 bilhões (pelos critérios da Kantar Ibope Media foram R$ 130 bilhões em 2016). Os dados da Kantar Ibope Media, contudo, permitem ter uma boa ideia do share de cada meio: TV aberta ficou com 55,1% das verbas no primeiro semestre, a TV paga ficou com 12,6%, jornais com 11,7%, merchandising em TV ficou com 6,1%, rádio com 3,8%, revistas com 3,6% e todas as outras mídias, incluindo buscas (2,2%), com 7%. Os números relativos mostram que a TV aberta cresceu 2 pontos percentuais em share e a TV paga cresceu 1,2 ponto percentual

A pergunta é: não está faltando alguém? A Kantar Ibope Media não inclui os dados de Internet, incluindo das gigantes Google e Facebook, pois nenhuma informação é compartilhada. Mas a estimativa do mesmo grupo de comunicação que calculou o mercado de mídia em 2016 em R$ 37 bilhões é de que em 2016 o Google tenha tido uma receita com publicidade no Brasil de R$ 6,5 bilhões e o Facebook de R$ 2,2 bilhões. Somados, os dois teriam tido nada menos do que 23% do bolo publicitário. Para se ter uma ideia, o faturamento do Grupo Globo no ano passado foi de R$ 15,33 bilhões, o que inclui as receitas com TV por assinatura. Olhando-se apenas a TV aberta e os negócios de Internet do grupo Globo, a receita foi de R$ 10,25 bilhões, conforme o balanço financeiro de 2016. Ou seja, se as contas estiverem certas, Google e Facebook estariam muito próximos de alcançar a receita da maior emissora de TV do país, a depender do crescimento do mercado de TV e do mercado de Internet. Detalhe: a mesma fonte estima que até 2023 o share de publicidade na Internet superará a soma da TV aberta e da TV paga no bolo publicitário.


Escreva um comentário

Clique aqui para escrever um comentário