Senadores que votaram a favor da reforma trabalhista

Senadores que votaram a favor da reforma trabalhista

Senadores que votaram a favor da reforma trabalhista

Saiba quem foram os senadores que votaram a favor da reforma trabalhista e rasgaram a CLT. Texto base foi aprovado por 50 votos a 26.

O plenário Senado aprovou nesta terça-feira (11), por 50 votos a 26 (e uma abstenção), o texto-base da reforma trabalhista.

A seguir a lista dos senadores que disseram sim ao fim da CLT:

Aécio Neves (PSDB-MG)

Airton Sandoval (PMDB-SP)

Ana Amélia (PP-RS)

Antonio Anastasia (PSDB-MG)

Armando Monteiro (PTB-PE)

Ataídes Oliveira (PSDB-TO)

Benedito de Lira (PP-AL)

Cássio Cunha Lima (PSDB-PB)

Cidinho Santos (PR-MT)

Ciro Nogueira (PP-PI)

Cristovam Buarque (PPS-DF)

Dalirio Beber (PSDB-SC)

Dário Berger (PMDB-SC)

Davi Alcolumbre (DEM-AP)

Edison Lobão (PMDB-MA)

Eduardo Lopes (PRB-RJ)

Elmano Férrer (PMDB-PI)

Fernando Bezerra Coelho (PSB-PE)

Flexa Ribeiro (PSDB-PA)

Garibaldi Alves (PMDB-RN)

Gladson Cameli (PP-AC)

Ivo Cassol (PP-RO)

Jader Barbalho (PMDB-PA)

João Alberto Souza (PMDB-MA)

José Agripino Maia (DEM-RN)

José Maranhão (PMDB-PB)

José Medeiros (PSD-MT)

José Serra (PSDB-SP)

Lasier Martins (PSD-RS)

Magno Malta (PR-ES)

Marta Suplicy (PMDB-SP)

Omar Aziz (PSD-AM)

Paulo Bauer (PSDB-SC)

Pedro Chaves (PSC-MS)

Raimundo Lira (PMDB-PB)

Ricardo Ferraço (PSDB-ES)

Roberto Muniz (PP-BA)

Roberto Rocha (PSB-MA)

Romero Jucá (PMDB-RR)

Ronaldo Caiado (DEM-GO)

Rose de Freitas (PMDB-ES)

Sérgio Petecão (PSD-AC)

Simone Tebet (PMDB-MS)

Tasso Jereissati (PSDB-CE)

Valdir Raupp (PMDB-RO)

Vicentinho Alves (PR-TO)

Waldemir Moka (PMDB-MS)

Wellington Fagundes (PR-MT)

Wilder Morais (PP-GO)

Zeze Perrella (PMDB-MG)

4 Comentários

  • As leis deveriam partir da sociedade, da oab que é séria.
    O deputado brasileiro deveria ser proibido de criar lei.
    O politico brasileiro coloca o país em crise, recebendo salarios altíssimo, mordomias.
    E Aqueles que deveria ser protegido, o povo é abandonado.
    O povo só é lembrado em época de eleição.

  • A fortuna que o país gasta com politicos daria para resolver todos os nossos problemas sociais. De quebra nos livraríamos desse cancer chamado politico brasileiro.
    Criam leis so em benefício próprio.
    Enriquecem, roubam. E o povo?

  • Eles votaram com a consciência de seus interesses. Agora pensam em como conseguir votos dos que prejudicaram para se reelegerem – porque os que se beneficiaram não somam 5% dos eleitores: número suficiente para levar ao Congresso cerca de 10 deles. Duas saídas principais: falar a exaustão que votaram na modernidade (o governo e o povo é que não sabem viver nela) ou fazerem os eleitores esquecer de seu voto.

Deixe um Comentário!