STJ autoriza abertura de inquérito para investigar Beto Richa

STJ autoriza abertura de inquérito contra Beto Richa

STJ autoriza abertura de inquérito para investigar Beto Richa

O Superior Tribunal de Justiça (STJ) abriu inquérito para investigar o governador do Paraná, Beto Richa; processo corre sob sigilo.

O Superior Tribunal de Justiça (STJ) autorizou nesta quarta-feira (14) a abertura de dois inquéritos para investigar o governador do Paraná, Beto Richa (PSDB), e o conselheiro do Tribunal de Contas dos Municípios da Bahia Mário Negromonte (ex-ministro das Cidades e ex-deputado federal).

As duas investigações foram pedidas pelo vice-procurador-geral da República, José Bonifácio Andrada, com base nas delações premiadas de ex-executivos da construtora Odebrecht. Como os inquéritos são sob sigilo, não há detalhes sobre o que será apurado.

O G1 procurou as assessorias de Beto Richa e de Mário Negromonte e aguardava resposta até a última atualização desta reportagem.

O ministro Og Fernandes é o relator da investigação sobre o governador Beto Richa e autorizou a coleta das provas pedidas pela Procuradoria-Geral da República.

No caso de Mário Negromonte, o relator é o ministro Napoleão Nunes Maia, que também autorizou a coleta de provas.

Recentemente, o governador do Paraná, a primeira-dama Fernanda Richa e o governo do Estado do Paraná foram condenado a devolver o dinheiro usado em viagem do casal a Paris, em 2015.

A decisão é do juiz da 3ª Vara da Fazenda Pública, Roger Vinicius Pires de Camargo Oliveira.

Com informações do G1 e Poder360.


Deixe um Comentário!