Greve Geral: Dia 30/06 o Brasil vai parar de novo!

Greve Geral: Dia 30/06 o Brasil vai parar de novo!

Greve Geral: Dia 30/06 o Brasil vai parar de novo!

Centrais marcam nova Greve Geral para o dia 30/06. Mantém-se a luta contra Michel Temer, as suas reformas e a favor das Diretas Já.

Do site da CTB:

A CTB, junto com as demais centrais sindicais (CUT, UGT, Força Sindical, Nova Central, CGTB, CSP-Conlutas, Intersindical, A Pública e CSB), convoca toda a sua base para calendário de luta e indica nova  GREVE GERAL para o próximo dia 30 de junho. Dentro do calendário de luta, as centrais convocaram para o dia 20 de junho Dia Nacional Mobilização rumo à GREVE GERAL.”

“O momento exige resistência e luta contra as propostas de Temer que põe fim a direitos consagrados da Classe Trabalhadora e de toda a sociedade brasileira. Está claro que a sociedade está contra esse governo é só com luta iremos barrar os retrocesso capitaneados por Michel Temer”, avaliou o presidente da CTB, Adilson Araújo, durante sua fala.

O dirigente destacou que a Central irá colocar força total na construção da greve e reiterou a convocação a toda a sua base. “As CTBs nos estados e as federações e confederações filiadas à CTB estão convocadas a organizar suas bases para a luta”, ressaltou.

Leia nota na íntegra:

Unidade e luta em defesa dos direitos

As centrais sindicais, (CUT, UGT, Força Sindical, CTB, Nova Central, CGTB, CSP-Conlutas, Intersindical, CSB e A Pública- Central do Servidor), convocam todas as suas bases para o calendário de luta e indicam uma nova GREVE GERAL dia 30 de junho.

As centrais sindicais irão colocar força total na mobilização da greve em defesa dos direitos sociais e trabalhistas, contra as reformas trabalhista e previdenciária, contra a terceirização indiscriminada e pelo #ForaTemer.

Dentro do calendário de luta, as centrais também convocam para o dia 20 de junho – O Esquenta Greve Geral, um dia de mobilização nacional pela convocação da greve geral.

Ficou definido também a produção de jornal unificado para a ampla mobilização da sociedade. E ficou agendada nova reunião para organização da greve geral para o dia 07 de junho de 2017, às 10h na sede do DIEESE.

Agenda

– 06 a 23 de junho: Convocação de plenárias, assembleias e reuniões, em todo o Brasil, para a construção da GREVE GERAL.

– Dia 20 de junho: Esquenta greve geral com atos e panfletagens das centrais sindicais;

– 30 de junho: GREVE GERAL.

CGTB – Central Geral dos Trabalhadores do Brasil
CSB – Central dos Sindicatos Brasileiros
CSP Conlutas – Central Sindical e Popular
CTB – Central dos Trabalhadores e das Trabalhadoras do Brasil
CUT – Central Única dos Trabalhares
Força Sindical
Intersindical – Central da Classe Trabalhadora
NCST – Nova Central Sindical de Trabalhadores
Pública – Central do Servidor
UGT – União Geral dos Trabalhadores


8 Comentários

  • Povo acordar chega de covardia, vamos para rua. Essas sacanagens tem que para. Só tem idiota que acha que sem greve esse país vai andar. É necessário ter greve para esses covardes não acharem que estamos satisfeitos com essa pouca vergonha essa roubalheira infinita.

  • MIAS UMA BADERNA ORGANIZADA POR UM BANDO DE VAGABUNDOS ALIMENTADOS POR UM GOVERNO LADRÃO E CORRUPTO QUERO VER ELES DECLARAREM DE ONDE SAI A GRANA PRA PAGAR ESSA GENTE QUE VAI PRA RUA RECLAMAR NEM SABEM DO QUE

  • Esse pessoal que fica inventando greve, é um bando de “não ter nada o que fazer”.
    Eu sinceramente, tenho vergonha de admitir, mas faz anos que voto em nulo, porque não vejo ninguém fazendo nada pelo povo. Só aparecem em épocas de campanhas prometendo o mundo para aqueles que sofrem a tantas gerações.
    Vamos trabalhar e lutar pelo pão de cada dia, porque as contas chegam todos os meses com reajustes abusivos, e não vai ser a turma da “Greve Geral”, que vai passar na lotérica ou no banco para pagar essas contas.
    Peço desculpas se alguém se ofender, mas é a minha opinião.

Deixe um Comentário!