Defender Lula é defender a democracia

Defender Lula é defender a democracia

Defender Lula é defender a democracia – Foto: Doug Patricio/ AE

O deputado Paulo Pimenta lança um manifesto em defesa de ex-presidente Lula; para ele, defender Lula é defender a democracia.

Estimados companheiros, prezadas companheiras, amigos e amigas, nos últimos dias nós temos assistido no Brasil uma verdadeira avalanche de notícias, uma blitz que principalmente através da Rede Globo procura desconstituir a figura, o legado, a imagem do ex-presidente Lula. E porque isso está acontecendo neste momento? É fundamental que a gente entenda o que está em jogo nesse processo.

Em primeiro lugar, o aspecto político: a cada nova pesquisa eleitoral para 2018 os índices de popularidade do presidente Lula crescem. A direita, os setores conservadores, a elite do país não têm nenhum nome competitivo. Portanto, em que pese tudo que foi feito contra ele, a verdade é que o povo brasileiro, cada vez mais, reconhece que Lula é a pessoa que pode fazer com que o país saia desta crise econômica, política, civilizatória, porque nós estamos mergulhados no pós-golpe.

Em segundo lugar, a necessidade da Lava Jato de encontrar uma saída para a sua incapacidade de provar aquilo que as suas teses anunciaram. Após três anos de investigações. Após a vida do presidente Lula ter sido vasculhada, seu sigilo bancário, telefônico, ter sido invadido, seus familiares, o Instituto Lula. A sua vida ter sido virada de cabeça para baixo, não foi encontrado nada. Absolutamente nenhuma prova que justifique toda essa perseguição e esta ação da Lava Jata capitaneada pelo juiz Sérgio Moro e pelos Golden Boys, os garotos de ouro do Ministério Público de Curitiba.

E o que ocorre? Agora no dia três de maio é o depoimento do Lula. Não existem provas, é preciso que se crie na opinião pública um ambiente que possa, inclusive, justificar uma eventual tentativa de condenação sem provas. E como não existem provas o que a Rede Globo, setores da mídia, do Judiciário e do Ministério Público Federal tentam criar? Uma ideia de que é preciso desconstituir a figura do ex-presidente Lula. Não há crime, não conta na Suíça, não há conta em Cingapura. Lula nunca pediu um centavo pra ninguém. Lula nunca recebeu nenhum centavo de ninguém. Lula tem desafiado promotores, juízes, empresários, que provem um centavo que ele tenha pedido ou recebido em toda a sua vida. E esse desafio está colocado. Sem respostas.

Procuram, então, constituir uma ideia de que as atitudes de Lula desconstituem a sua figura como grande líder político que o país precisa. E Lula passa a ser acusado de coisas tipo: Lula pediu ajuda para seu irmão, Frei Chico, que recebia três mil reais por mês da Odebrecht. Meus amigos e minhas amigas o Frei Chico é um sindicalista mais antigo do que o Lula. É maior de idade tem vida própria. Trabalhava para Odebrecht antes do Lula ser presidente, continuou prestando serviço, três mil reais, cinco mil reais, nós estamos falando de uma relação absolutamente legítima, real, entre duas pessoas que o presidente Lula não tem absolutamente nada que ver.

Presidente Lula é acusado de em um encontro com um empresário ter falado que seu filho tinha um projeto de trazer para o Brasil o futebol americano e que seria importante que esse projeto pudesse ser apresentado para empresários, para ver a viabilidade do interesse em apoia-lo. Isso é absolutamente legítimo e natural. Qualquer pai faria isso, mas o Lula não pode. É uma relação profissional, legal, não há nada criminoso. O filho do presidente Lula tem uma empresa, tem um projeto, esse projeto foi apresentado se as empresas apoiaram ou não apoiaram é uma decisão de natureza comercial. Agora, criminalizar, tentar criar na opinião pública uma ideia de que há algo gravíssimo em um pai conversar com outra pessoa e falar sobre o projeto de um filho e aventar a possibilidade de buscar um apoio dentro da lei.

Acusam o presidente Lula de ter trabalhado para viabilizar a construção do porto de Mariel em Cuba, com investimentos do BNDES, construído por empresas nacionais, é verdade! É um porto estratégico para a América do Sul, para América Latina, especialmente agora que as relações entre Estados Unidos e Cuba se reaproximam. E a Globo omitiu quando os relatores dizem o contrato com o BNDS era com o governo de Cuba e foi pago integralmente, não há nenhum atraso. Não houve prejuízo, o Brasil só ganhou, gerou emprego, tecnologia, novas oportunidades.

Presidente Lula é acusado de ter trabalhado para que se ampliasse a presença de empresas brasileiras no mercado do petróleo em Angola, um dos países mais importantes na produção de petróleo na África. Meus amigos e minhas amigas, o presidente Lula fez 87 viagens comercias, missões empresariais que possibilitaram abertura de mercado dos mais diferentes setores. Ampliando as nossas exportações, gerando emprego, criando oportunidades, colocando o Brasil num outro protagonismo a nível internacional. Criando relações com a Rússia, com China, com a Índia, com a África do Sul. Criando possibilidades de mercado que nunca o Brasil havia conseguido viabilizar. E nós queremos criminalizar uma conduta que qualquer ex-presidente tem.

Nos Estados Unidos, na França, na Inglaterra, em qualquer lugar do mundo, os ex-presidentes são espécie de embaixadores que viajam pelo mundo apresentando suas empresas, suas tecnologias, suas potencialidades. E o Lula não pode. Porque o Lula não pode? Porque o Lula é simples. Porque o Lula é humilde. Porque o Lula é metalúrgico. Porque o Lula é do PT.

Meus amigos e minhas amigas, há em toda essa história também uma elevada dose de preconceito. O Lula não cometeu nenhum crime. O Lula nunca recebeu nenhum centavo de dinheiro ilícito. O Lula é uma pessoa honesta. O Lula é a principal liderança política popular que surgiu em nosso país ao longo das últimas décadas. O Lula é reconhecido no mundo inteiro pela sua sensibilidade. Pela sua capacidade de enfrentar injustiças, diferenças. Oferecer alternativas e possibilidades de vida para as pessoas mais pobres. O Lula é reconhecido pela sua capacidade de pensar o Brasil para todos. De criar políticas de inclusão que deram a chance de todos os brasileiros e brasileiras sonhar em um dia ser cidadãos e cidadãs plenos de alternativas, de possibilidades e de direitos.

Por isso, meus queridos companheiros e companheiras, nós não podemos aceitar que tentem criminalizar o Lula por aquilo que ele tem de melhor. Cada vez que tenho a oportunidade de encontrar o presidente Lula cresce por ele a minha admiração. O Lula é uma pessoa como qualquer um de nós. O Lula é um ser humano, aliás, ao longo de toda a minha vida pública eu nunca conheci alguém mais generoso, mais humano, mais sensível. E isso faz com que o Lula parta, muitas vezes, do pressuposto que todos aqueles que lhe procuram querem o bem do Brasil. Pode ser empresário, pode ser trabalhador, pode ser sindicalista, pode ser religioso.

O Lula é uma figura que sempre acreditou que aquelas pessoas que lhe procuraram, lhe procuraram para ajudar a conseguir um projeto de fazer desse país, um país melhor para todos. Agora, mais do que nunca, nós temos que estar atentos e alertas, o que está em jogo não é pouca coisa: é o futuro político desse país. E a tentativa de criminalizar o Lula neste esquema que envolve uma manipulação odiosa, perversa e criminosa de setores do poder Judiciário, do Ministério Público Federal, com uma ampla sustentação da mídia que constrói uma narrativa, especialmente através da Rede Globo, para justificar esta perseguição, não pode ser por nós tolerada.

Nós temos que enfrentar esse debate nas redes sociais, nas ruas. Porque defender o Lula, é defender a democracia. Eu tenho convicção que a resistência democrática é o único caminho que nos resta. Este país só vai ter futuro através da democracia e uma eleição direta, plena, com Lula como candidato. Se quiserem nos derrotar que nos derrotem na urna. Apresentem os seus projetos, digam o que vocês defendem. Não impeçam o nosso país de olhar para o futuro e deter na figura do presidente Lula a grande liderança política que pode sim nos conduzir para enfrentar este cenário vergonhoso que estamos mergulhados hoje graças a esse golpe patrocinado e apoiado por muitos desses que hoje estão a frente dessa perseguição de que sofre o nosso presidente Lula.

Fonte: Nocaute

1 Comentário

  • Um ser humano, com as QUALIDADES, do nosso ex e futuro PRESIDENTE, tem como sua principal DEFESA a VERDADE, nós os SOCIAIS DEMOCRATAS, não precisamos de MÍDIA GOLPISTA, as URNAS irão MOSTRAR em 2018, quem é o LULA. Chorem GOLPISTAS.

Escreva um comentário