Nossa Política » Blog do Mailson Ramos » João Doria: O candidato da elite paulistana
Blog do Mailson Ramos

João Doria: O candidato da elite paulistana

João Doria: O candidato da elite paulistana
João Doria: O candidato da elite paulistana – Foto: Lailson Santos
Não há como negar. João Doria, ao rebater comentário de FHC sobre a sua candidatura à presidência, mostra que vai para a disputa.

Engenho do marketing político. Imagem construída na televisão e depois nas múltiplas palestras da LIDE. Empresário ligado ao mundo político e à elite de São Paulo. João Doria considera disputar a eleição presidencial de 2018 apostando na fama de prefeito “que põe a mão na massa”.

Primeiro ele afirmou aos quatro ventos que jamais trairia Alckmin. Depois passou a atacar o Lula de forma sistemática, definindo uma obsessão em criticar e afrontar o ex-presidente. Depois uma pesquisa atribuiu popularidade a Doria no nordeste. Recentemente, um grupo de ricaços paulistanos colocou o prefeito na disputa de 2018.

A isto se soma o fato de que Aécio Neves e Geraldo Alckmin estão mais enrolados na Lava Jato do que charuto na boca de bêbado.

Uma vez convocado pela elite, que priorizará a candidatura de um homem branco, rico e de direita, Doria começa a adquirir espaços ocupados outrora por tucanos, hoje soterrados no lamaçal de propinas e corrupção.

Entretanto – e sem trocadilhos –, Doria não é nenhum santo. O Estadão divulgou matéria ‘Doria recebeu cheque de R$ 20 mil de empresa investigada na Lava Jato’ sobre a venda de um quadro, em 2013, à empresa Link Projetos, que teria sido usada por empreiteira para repassar propinas.

A Folha de S.Paulo também divulgaria que governos tucanos repassaram R$ 10,1 milhões a empresas de Doria desde 2010, numa época em que ele se dizia não político, mas sim um administrador. Estava fazendo política como nenhum outro no Brasil.

Foi com este discurso que ele se elegeu prefeito de São Paulo.

A elite, que derrubou Dilma, vai preparando um ou dois candidatos para 2018. Precisa avisar, porém, que quem lidera as pesquisas e está na boca do povão é o Lula.


2 Comentários

Clique aqui para escrever um comentário

  • Tenho total convicção que as investigações mostrarão que o governador Geraldo Alckmin não está e nem nunca esteve envolvido com nenhum ato ilícito. Todos que o conhecem, até seus adversários, sabem da honestidade e da correção com que ele construiu sua trajetória na vida pública e pessoal. Alckmin será o candidato do PSDB à presidência em 2018.

  • Apoiado welbi maia brito, eu também tenho TOTAL CONVICÇÃO, só não tenho PROVAS. O picolé quando está dormindo é um SANTO, quando está acordado é um PERIGO. Ele será o CANDIDATO do PSDB, DERROTADO em 2018.

Receba Notícias!