Michel Temer sanciona lei que reforma o Ensino Médio

Michel Temer sanciona lei que reforma o Ensino Médio

Michel Temer sanciona lei que reforma o Ensino Médio – Foto: Beto Barata/PR

Michel temer sancionou hoje (16) a Lei do Novo Ensino Médio no Palácio do Planalto. Reforma foi aprovada pelo Congresso no último dia 8.

Saiu no O Tempo:


O presidente Michel Temer sancionou na manhã desta quinta-feira (16) a Lei do Novo Ensino Médio no Palácio do Planalto. Durante a cerimônia, ele declarou que a proposta é fruto de uma “ousadia responsável” do governo, que continuará defendendo a aprovação das “grandes reformas”. O presidente tem buscado em solenidades criar agendas positivas para tentar reverter sua baixa popularidade.

Ele minimizou as críticas ao texto, afirmando que a polêmica gerou o aperfeiçoamento da Reforma do Ensino Médio. “Houve um debate extraordinário nos últimos meses. Não tenho dúvida de que foi uma coisa extraordinária o que fizemos.”

O presidente avaliou que a reforma foi “consensuada” entre o governo, o Congresso e a sociedade, que agora “recebe o aplauso de todos”. “As modificações que foram feitas no Congresso nasceram também da sociedade, que participou de maneira expressiva”, disse.

Temer defendeu que é preciso modernizar a educação no Brasil, lembrando que há um orçamento previsto de R$ 10 bilhões para o setor. Ele afirmou que decidiu fazer a reforma porque o tema estava “parado” no Congresso há mais de 20 anos. “Com a Medida Provisória, a Reforma do Ensino Médio ganhou espaço extraordinário no debate nacional”, avaliou.

Esta é a primeira reforma do governo Temer aprovada. Durante a sua fala, ele lembrou que há outras reformas, como a da Previdência e a trabalhista, em análise no Legislativo. “Esse momento é muito revelador do nosso governo. É um governo de reforma e ousadia, mas de ousadias responsáveis”, ponderou.

Ele também lembrou a aprovação da proposta que estipula um limite para os gastos públicos. “Quem ousaria fazer isso?”, questionou. “Quero registrar enfaticamente que, nos dias atuais, mais do que coragem é preciso ousadia”, continuou.

A Medida Provisória do Ensino Médio foi aprovada pelo Congresso no último dia 8. O projeto flexibiliza a grade curricular, permitindo que o estudante escolha parte das matérias que irá cursar.

(…)


1 Comentário

Deixe um Comentário!