Nossa Política » Cultura » Ariano Suassuna e a elite brasileira
Cultura Vídeos

Ariano Suassuna e a elite brasileira

Ariano Suassuna e a elite brasileira
Ariano Suassuna e a elite brasileira – Foto: Alexandre Nobrega
Ariano Suassuna alertou para a frivolidade e a superficialidade da elite brasileira como algo muito perigoso. O dramaturgo e escritor estava certo.

Em 18 de abril de 2012, o dramaturgo, romancista e poeta Ariano Suassuna esteve no Tribunal Superior do Trabalho (TST), em Brasília, onde inaugurou o Auditório Ministro Mozart Victor Russomano.

A “aula-espetáculo” de Suassuna abordou diversos temas, mas um, em especial, cravou o roteiro da elite brasileira dali por diante. No ano seguinte surgiriam as manifestações e daí por diante o aspecto devastador da imposição das classes influentes sobre o país.

O escritor fez considerações importantes dizendo que há nas atitudes da elite brasileira “uma quantidade de ideias frívolas e uma visão superficial do mundo e do ser humano que é uma coisa perigosa”.

Ele citou Machado de Assis e dizendo que o Brasil se divide em dois: o país oficial e o país real (do povo). “Machado de Assis dizia que o país real é bom, revela bons instintos. Mas o país oficial é caricato e burlesco”.

E mais adiante: “Eu sei que ele [Machado de Assis] estava movido por uma justa indignação, mas não é totalmente burlesco não [o país oficial, dos privilegiados], mas se a gente não abrir o olho a gente fica.”

A classe dirigente brasileira até o século XVII se orgulhava do que a gente tinha de português, e se envergonhava do que nós temos de índio e de negro; no século XIX, a classe dirigente brasileira passou a se envergonha até do que a gente tem de português. Passou a querer ser francesa. E atualmente, caricatamente, quer ser americana. Querem transformar o Brasil nos Estados Unidos de segunda ordem.”

Ariano Suassuna morreria em 24 de julho de 2014. Hoje podemos ver o quanto ele estava certo!

Confira as palavras do mestre Suassuna no vídeo a seguir:


4 Comentários

Clique aqui para escrever um comentário

  • Besteira, nossa elite e comunista, socialista burgues, adora defender pobre comendo caviar e viajando pra Franca, vide Cicoco buarque e cia, a elite brasileira e metida a ser de esquerda, adota MPB por moda de boteco, entao nda mais caricato do que um socialista num boteco falando mal do americanismo falando num Iphone

  • Como se vê, o mestre tem razão. Viva Suassuna!
    Uma pequena contribuição: “O Tejo é maior do que o rio que passa na minha aldeia/ mas o Tejo não é maior que o rio que passa na minha aldeia/ porque o Tejo não é o rio que passa na minha aldeia”. De um poeta que, tendo podido ser dos maiores da língua inglesa, preferiu escrever em português.

  • Com todo respeito, ao GRANDE MESTRE ARIANO SUASSUNA, hoje com esse GOVERNO DE MERDA, e o comentário do lucas, na VERDADE estão ariando nossas sungas, ainda BEM que os COXINHAS MIDIÓTAS, logo logo, estarão solicitando o BOLSA FAMÍLIA.

Receba Notícias!