NP Online » Notícias » Temer sabia dos vazamentos antes da imprensa
Notícias

Temer sabia dos vazamentos antes da imprensa

Temer sabia dos vazamentos antes da imprensa
Temer sabia dos vazamentos antes da imprensa – Foto: Marcos Corrêa/PR
Planalto tinha conhecimento sobre as delações da Odebrecht que vieram à tona na semana passada; vazamentos chegaram a Brasília antes de chegarem à imprensa.

Noticia a jornalista Mônica Bergamo que o Planalto já sabia do teor do depoimento de Cláudio Melo Filho, ex-executivo da Odebrecht, antes mesmo da divulgação feita pela imprensa.

Existem neste caso duas anomalias provocadas por instituições que se deixaram viciar: o Ministério Público jamais quis descobrir quem vaza as informações. A se pensar na publicidade da divulgação, é possível dizer que o MPF até gosta do frenesi; vazamento em primeira mão para a imprensa ou para o governo não diferencia muito a qualidade do crime de vazamento de processo judicial que parece correr em “segredo de Justiça”.

Com o título “Planalto soube de teor de delação da Odebrecht antes da imprensa”, a Folha parece querer reivindicar para a imprensa a primazia dos vazadouros.

A própria jornalista ressalta: “Em tese, o conteúdo das delações é sigiloso. Apenas o Ministério Público Federal e os próprios delatores, além de seus advogados, poderiam ter conhecimento do que elas contêm.”

Entretanto, Michel Temer soube que tinha sido citado alguns dias antes da bomba estourar.

É por isso que as instituições estão achincalhadas e parecem só funcionar para aqueles que as dirigem. De fora, o povo percebe como as coisas andam mal. Imaginem só se a Dilma soubesse de uma delação antes da mídia e a sua promessa de estardalhaço…