Blog do Mailson Ramos

Temer pedalou. Mas agora pode!

Temer pedalou. Mas agora pode!

Temer pedalou. Mas agora pode! – Marcos Corrêa/ PR

Michel Temer aprovou decretos de crédito suplementar no valor de R$ 3 bilhões. Se você não se lembra, assinaturas de decretos de créditos suplementares, as “pedaladas”, foram base da denuncia contra Dilma.

Informa o InfoMoney que Michel Temer aprovou nesta terça-feira (20), duas leis que preveem um crédito suplementar de R$ 3,6 bilhões. Do total, R$ 1,7 bilhão será destinado ao Ministério da Saúde para procedimentos de média e alta complexidades em diversos estados.

Para quem não se lembra a denúncia contra Dilma Rousseff que resultou em seu afastamento definitivo foi baseada na assinatura de decretos de créditos suplementares. O próprio Michel Temer também assinou decretos quando exercia a presidência na ausência de Dilma.

O TCU do Nardes e do Aroldo Cedraz armaram aquele circo dos horrores para fundamentar que as contas de Dilma não poderiam ser aprovadas por causa da assinatura dos decretos.

Em setembro, tão logo Temer assumiu a presidência, a Câmara dos Deputados  aprovou uma lei que flexibilizou as regras para a abertura de créditos suplementares. Agora, o presidente não precisa mais da aprovação do Congresso para liberar as verbas.

O governo que quer conter gastos e destruir com direitos conquistados a duras penas pelos trabalhadores tem as porteiras abertas para a liberação de verbas orçamentárias sem a anuência do Parlamento.

Afinal, caros amigos e amigas, onde estão aqueles deputados e senadores que apontaram o dedo em riste para Dilma dizendo que ela havia passado por cima das atribuições do Congresso nacional?

Leave a Comment