Sem saber que era gravado, Moro intimida advogado

Sem saber que era gravado, Moro intimida advogado

Sem saber que era gravado, Moro intimida advogado – Foto: Reprodução/ Nossa Política

Episódio ocorreu após oitiva de ex-zelador de edifício do Guarujá, durante audiência de processo movido pelo MPF-PR contra o ex-presidente. O advogado Cristiano Martins Zanin foi intimidado por Sérgio Moro.

Na última sexta-feira (16), logo após o depoimento do ex-zelador do condomínio Solaris, o juiz de primeira instância de Curitiba questionou os advogados de Lula, com ironia, se os defensores iriam “processar esta testemunha também”.

“Vê se não vai sofrer queixa-crime, pedido de indenização”, disse Moro, dirigindo-se ao advogado Cristiano Zanin, da defesa de Lula. O defensor, então, reagiu surpreso, dizendo que apenas exerce seu direito de buscar reparações quando há ilegalidades contra o seu cliente.

Moro respondeu com uma pergunta: “Vai entrar com alguma ação contra a testemunha, doutor?”. Zanin respondeu perguntando se Moro está advogando pela testemunha. Moro, então, respondeu ironicamente, afirmando que era “uma bela linha de advocacia da defesa”. Felizmente, os advogados de Lula gravam todas as audiências e registraram mais um comportamento inadequado do juiz Moro.

Do site do Lula.

8 Comentários

  • Inadequado e a forma com que os advogados se comportam tentando desesperadamente tomar uma cadeia por desacato e assim passar a imagem de perseguição . Não sei como a OAB não advertiu os mesmos, podem ofender todo mundo e não respeitam ninguém. Sabias palavras do zelador.

  • Eu quero q esse politicos bandidos roubem mais ainda um pais pessoas inguinorantes e q se quer forma suas proprias opiniao resumindo um.povo q qualquer coisa q a globo fala è como.deus tivesse falando entao nao chorem.depois povo idiota fodase todos

  • Loas ao Sérgio Moro. A esperança se renova em cada ação deste magistrado que verdadeiramente promove justiça doa a quem doer. O país precisa de outros togados que se espelhem em seu exemplo.

Escreva um comentário