Gilmar: Entreguem a chave do Congresso ao Dallagnol

Gilmar: Entreguem a chave do Congresso ao Dallagnol

Gilmar: Entreguem a chave do Congresso ao Dallagnol – Foto: Reprodução

Gilmar Mendes discordou da decisão do também ministro do Supremo Luiz Fux ao devolver o projeto anticorrupção à Câmara dos Deputados.

Do Estadão:


Para Gilmar Mendes, decisão de Fux é o ‘AI-5 do Judiciário’

O ministro Gilmar Mendes, do Supremo Tribunal Federal, considerou uma “perda de paradigmas” a decisão do colega e ministro Luiz Fux que determinou devolução do projeto anticorrupção à Câmara a partir da estaca zero. Segundo ele, impor ao Congresso que aprove um texto sem fazer alterações é o mesmo que fechar o Legislativo. “É um AI-5 do Judiciário”, afirmou em referência ao Ato Institucional 5, que, em 1967, suspendeu garantias constitucionais no País. Para ele, o Supremo caminha para o “mundo da galhofa”.

“Dizer que o Congresso tem que votar as propostas que foram apresentadas e só? Então é melhor fechar o Congresso logo e entregar as chaves. (…) Entrega a chave do Congresso ao (Deltan) Dallagnol (coordenador da força-tarefa da Lava Jato). Isso aí é um AI-5 do Judiciário. Nós estamos fazendo o que os militares não tiveram condições de fazer. Eles foram mais reticentes em fechar o Congresso do que nós”, afirmou Gilmar Mendes ao Estado.

Ele sugeriu ainda que a “chave” do Congresso poderia ser entregue “ao Zveiter”. O desembargador Luiz Zveiter foi impedido pelo STF nesta quarta-feira, 13, de assumir a presidência do Tribunal de Justiça do Rio de Janeiro, após a Corte considerar inconstitucional regra que permitia a reeleição. O ministro Luiz Fux, que concedeu a liminar sobre o pacote anticorrpução, também é do Estado do Rio de Janeiro. “Hoje decidimos que a eleição do Zveiter não valeu. De repente, ele é do Rio, vocacionado para bom gestor. De repente entrega a ele (a chave do Congresso) ou à Lava Jato, que fez a proposta”, afirmou Mendes.

(…)


3 Comentários

Escreva um comentário

Os comentários publicados são de total responsabilidade dos seus autores, portanto, não representam a opinião do site Nossa Política, exceto quando nos pronunciarmos oportunamente em resposta aos leitores. Contamos com o bom senso e a educação dos navegantes. Comentários serão moderados em, no máximo, uma hora.

Powered by keepvid themefull earn money