Luiz Felipe Neder já havia agredido a esposa delegada

Luiz Felipe Neder já havia agredido a esposa delegada

Luiz Felipe Neder já havia agredido a esposa delegada – Foto: Reprodução

Momentos antes de agredir a segurança Edvânia Nayara Ferreira Rezende, o comerciante Luiz Felipe Neder já havia agredido a própria esposa delegada.

Violência seja de que tipo for não pode ficar restrita, não pode ser escondida, não deve ser perdoada. O comerciante Luiz Felipe Neder agrediu a própria esposa, Ana Paula Gontijo, antes de desferir um soco e um chute contra a segurança de um Clube em Três Corações (MG), Edvânia Nayara Ferreira Rezende.

O agravante é que a esposa deste homem, agredida ferozmente, é delegada titular da Delegacia da Mulher de Três Corações. O sujeito que, em questão de minutos, agride duas mulheres – sendo a primeira a sua esposa e delegada de polícia – foi às redes sociais menosprezar os comentários da segurança. (Assista o vídeo abaixo)

Não é simplesmente violência gratuita. É o resultado de um país em que o patriarcalismo se insere em atitudes representativas de machismo e exposição de brutalidade. Porque aos poetas é mister dizer que numa mulher não se pode bater nem com uma pétala de rosa. Isso não cola em nossa sociedade reacionária.

É também um resultado dos modismos de que a brutalidade, a força e os músculos valem mais do que o caráter, os valores e a personalidade. Quiséramos dizer que existem poucos boçais como este, mas dê um giro em sua própria cidade e verá deles a multiplicidade, a espancar e desprestigiar as próprias mulheres.

E ao longo do tempo, vai se perpetuando a máxima de que, como no tempo das cavernas, mulher se doma com porrada.

3 Comentários

Escreva um comentário