R$ 200 milhões: O dinheiro recuperado para a Petrobras

R$ 200 milhões: O dinheiro recuperado para a Petrobras

R$ 200 milhões: O dinheiro recuperado para a Petrobras -Foto: Captura de Imagem/ TV Globo

O MPF devolveu a Petrobras R$ 204,2 milhões de acordos de leniência. Para isso organizaram uma cerimônia e aproveitaram para divulgar as “10 Medidas Contra a Corrupção”.

Depois de destroçar a indústria naval, colocar a Construção Civil sobre cavaletes, perseguir – e com força – tão somente os petistas, eis que a Lava Jato apresenta, através do Ministério Público, o resultado do “combate à corrupção”: R$ 204,2 milhões.

Como descreve abaixo matéria do G1, o dinheiro foi devolvido à Petrobras, representada na cerimônia, em Curitiba, pelo seu presidente Pedro Parene (aquele que iria baixar o preço da gasolina e só conseguiu aumentar).

O Ministério Público Federal no Paraná (MPF) devolveu à Petrobras R$ 204,2 milhões recuperados por meio de acordos de colaboração e de leniências celebrados a partir da Operação Lava Jato. A cerimônia ocorreu na tarde desta sexta-feira (18), em Curitiba, com a participação do presidente da Petrobras, Pedro Parente. Durante o evento, os participantes defenderam as “10 medidas contra a corrupção” propostas pelo MPF.

O Deltan Dallagnol aproveitou mais esta possibilidade de aparecer na mídia e tratou de reafirmar a necessidade das “10 Medidas Contra a Corrupção”, este pacote de ações seletivas que procurou livrar do crime de responsabilidade os juízes e procuradores.

Mas, voltando ao assunto, é pouco dinheiro para muita celeuma. Segundo informa o G1, “os R$ 500 milhões devolvidos até agora pela Lava jato à Petrobras equivalem a 8% dos R$ 6,2 bilhões que a companhia lançou como prejuízos causados pela corrupção no balanço de 2014.”

A questão chave é que figuras como Alberto Youssef e Nestor Cerveró, ladrões de carteirinha e que meteram a mão nos cofres da estatal, estão tranquilamente voltando para casa, ainda que com uma tornozeleira eletrônica amarrada ao pé.

Muitos políticos também foram poupados.

Isso representa o fato de  que a Lava Jato tende a ser um processo político e não de depuração da política. Hoje não foi fundamental devolver à Petrobras R$ 204,2 milhões, valor que pode estar descansando na conta de algum político envolvido no esquema; o fundamental foi reapresentar pela enésima vez ao público estas tais medidas contra a corrupção que são o bibelô do Dallagnol.

Se a Lava Jato estivesse interessada mesmo em salvar o Brasil e a Petrobras não teria destruído as empreiteiras em detrimento dos seus donos, os responsáveis pela corrupção. Na ânsia de passar o país a limpo o que eles conseguiram mesmo foi destruí-lo. Os bandidos estão soltos e continuam a dominar Brasília.

5 Comentários

  • ” Se a Lava Jato estivesse interessada mesmo em salvar o Brasil e a Petrobras não teria destruído as empreiteiras em detrimento dos seus donos, os responsáveis pela corrupção. Na ânsia de passar o país a limpo o que eles conseguiram mesmo foi destruí-lo. Os bandidos estão soltos e continuam a dominar Brasília.”

    Hahaha sério quem eh que escreve um texto desses? Metade da quadrilha está sendo presa, a outra metade ia ser. Ainda faltam os processos americanos contra a Petrobras. Aí sim vocês vão ver o que eh destruir

    • Jato dos, fundilhos do DRÁCULA, você não fala coisa com coisa, metade da QUADRILHA ESTÁ SENDO PRESA, A OUTRA METADE IA SER, NÃO FOI POIS SÃO TUCANOS, e com TUCANOS, seu herói Sérgio (TUCANO) moro, não pode mexer. O dinheiro devolvido, o DRÁCULA, gasta rapidamente com ALMOÇOS E JANTARES, para que seus ASSECLAS, aprovem as CAGADAS FEITAS POR ELE.

  • Fizeram essa festinha, mas não queriam devolver todo o dinheiro para a Petrobrás, queriam ficar com uma parte em Curitiba! Ainda bem que o ministro Teori cumpriu a lei e obrigou que o total ficasse na empresa.

Escreva um comentário