Dia da Bandeira do Brasil, um dos ícones da República

Dia da Bandeira do Brasil, um dos ícones da República

Dia da Bandeira do Brasil, um dos ícones da República

Um dos símbolos nacionais, a bandeira do Brasil representa símbolos muito caros à nossa soberania. Saiba um pouco mais sobre a história deste ícone nacional.

Até 1645, o Brasil utilizou os mesmos estandartes de Portugal. Depois, passou a ter seus próprios. E foram muitos: em 502 anos, o país já ostentou dez bandeiras. “Essas trocas sempre refletem mudanças políticas que ocorrem em uma nação”, afirma a historiadora Célia Reis Camargo, da Universidade Estadual Paulista (Unesp). A frase é facilmente comprovada acompanhando a introdução de cada bandeira. A primeira foi a do império português.

Leia também: Hino Nacional do Brasil: o relato

Em 1821, houve a queda do Absolutismo e a transformação em monarquia constitucional. Um ano depois, o Brasil se tornava independente, ganhando o pavilhão imperial,0 que permaneceu hasteado até a proclamação da República, em 1889. No dia 19 de novembro, surgiu a bandeira nacional usada até hoje. As estrelas, posicionadas conforme eram vistas no céu do Rio de Janeiro em 15 de novembro, representavam os 20 Estados e o município neutro (transformado depois em Distrito Federal). À medida que novos Estados eram criados, mais estrelas eram adicionadas – hoje são 27.

Um pavilhão para cada ocasião

A história do Brasil é pontuada por uma dezena de bandeiras. Cada uma, em seu determinado período, representou uma passagem política da história do nosso país.

1500 – A bandeira portuguesa da época do descobrimento trazia a Cruz da Ordem Militar de Cristo com o escudo real.

1521 – O estandarte de D. João III eliminou a cruz, apresentando como novidade uma coroa real sobre o antigo escudo.

1616 – O emblema adotado durante a ocupação espanhola foi criado para Portugal e suas colônias durante a União Ibérica.

1640 – A Bandeira da Restauração foi introduzida quando Portugal recuperou sua independência.

1645 – A bandeira do Principado do Brasil ostentava uma esfera armilar, instrumento usado na navegação.

1816 – A Bandeira do Reino Unido de Portugal, Brasil e Algarve nos deu status de reino depois da vinda da família real lusa para cá, em 1808.

1821 – A Bandeira do Regime Constitucional foi adotada quando Dom João VI retornou a Portugal como rei constitucional.

1822 – A Bandeira Imperial, adotada com nossa independência, introduziu as cores verde e amarela e uma estrela para cada província.

1889 – A Bandeira da República Provisória, uma cópia do estandarte americano, tremulou por apenas quatro dias – de 15 a 19 de novembro.

1889 – A bandeira republicana, usada até hoje, tem os Estados brasileiros e o Distrito Federal representados por estrelas.


Deixe um Comentário!